Dorival diz que Copa do Brasil foi responsável por 'virada de chave' do Flamengo no ano

Dorival Júnior é o técnico do Flamengo (Foto: Thais Magalhães/CBF)


O Flamengo está nas duas finais das competições mata-mata da temporada. O sorteio colocou o Rubro-Negro decidindo o segundo jogo da Copa do Brasil, no dia 19 de outubro, no Maracanã. Dorival Júnior não viu o fator como 'sorte' e acredita em equilíbrio contra o Corinthians, adversário do confronto.

+ CBF define mandos da Copa do Brasil: relembre o histórico do Flamengo em decisões como mandante e visitante

- Ninguém sabe o que será bom ou não. O que vai definir a sorte de um torneio como esse é a competência das duas equipes. Serão dois clássicos maravilhosos, que sejam partidas leais, definidas pelas competências. Que tenhamos a responsabilidade de fazer dois grandes espetáculos de altíssimo nível. Vamos trabalhar para que tudo isso se torne realidade - afirmou Dorival em evento realizado na sede da CBF nesta terça-feira.

O treinador do Rubro-Negro destacou a Copa do Brasil com carinho. Ele encarou que a competição foi responsável pela "virada de chave" do elenco na temporada, citando a partida contra o Atlético-MG - o Flamengo venceu o jogo de volta por 2 a 0 no Maracanã após ser derrotado por 2 a 1 na ida.

- Acredito que não foi a segunda partida (contra o Galo) que proporcionou a virada, mas sim a primeira, a derrota no Mineirão fez com que fosse apresentada uma situação que os jogadores abraçaram, tiveram competência para resgatar o que havia acontecido anteriormente. foi importante, perceberam que poderíamos estar mais ativos e presentes do que vinha acontecendo. é uma conjugação de fatores para inverter um processo que vinha acontecendo, infelizmente. Não procuramos culpados, mas sim propor uma nova situação. houve aceitação e confiança naquilo que estava sendo mostrado. a partir disso sim tivemos nova condições em todas competições - analisou.

MAIS DECLARAÇÕES DE DORIVAL

Enfrentar o Corinthians após os confrontos da Libertadores
- Acredito que teremos dois jogos superiores aos anteriores, faremos de tudo para chegar com a equipe equilibrada e no processo de evolução. É o momento que todos nós aguardávamos, chegamos por méritos, competências, são dois gigantes, o espetáculo que a torcida na Arena e Maracanã foram maravilhosos, isso ganha e enriquece o futebol brasileiro. vamos buscar fazer isso. dentro de campo que tenhamos a competência para a definição seja em campo. que ninguém erre. que a final seja decidida pelos jogadores.

Reencontro
- Acredito em jogos superiores ao que tivemos na Libertadores. Não tenho dúvida que chegarão em momentos melhores. É a expectativa que temos.