Dono do PSG é um dos interessados na compra da SAF do Atlético-MG

Nasser Al-Khelaif, dono do Paris Saint-Germain, demonstrou interesse em clubes brasileiros (Foto: THOMAS SAMSON / AFP)


O Atlético-MG segue com seu planejamento para viabilizar o modelo de Sociedade Anônima do Futebol, e alguns nomes de peso já aparecem como interessados no clube. É o caso de Nasser Al-Khelaifi, dono do PSG.

A informação foi antecipada pelo jornalista Jorge Nicola e pela Rádio Itatiaia. O Galo busca um investidor internacional para a sua SAF, e já chegou a conversar com o Grupo City (que apresentou uma proposta de R$ 1 bilhão por 90% das ações da SAF do Bahia), com a Fenway Sports (dona do Liverpool), e com a Qatar Sports Investments, que tem o presidente do PSG como CEO.

A entrada do Grupo City no Brasil, através dos investimentos no Bahia, é um motivador para a chegada da Qatar Sports Investments no Brasil. Além da rivalidade no futebol, as empresas disputam em níveis de investimento no mundo.

Com a confirmação da compra das ações da SAF do Bahia pelo Grupo City, é provável que o movimento seja repetido pela Qatar Sports Investments no Brasil, e o Galo aparece como um dos candidatos a ter suas ações compradas.