Dono do Chelsea abre o jogo sobre demissão de Thomas Tuchel

Thomas Tuchel recusou proposta do Bayer Leverkusen (Foto: DENIS LOVROVIC / AFP)


O novo proprietário do Chelsea, o empresário estadunidense Todd Boehly, procurou explicar as razões pelas quais optou por demitir Thomas Tuchel do comando técnico da equipe londrina. Apesar de elogiar o treinador alemão, Boehly afirmou que faltava sintonia entre Tuchel e as ideias da nova gestão do Chelsea.

- Tuchel é extremamente talentoso e muito bem sucedido, nossa visão para o clube era encontrar um treinador que quisesse colaborar conosco... uma visão compartilhada - declarou Boehly, em entrevista à plataforma "Salt Conference".

+ Thomas Tuchel se pronuncia pela primeira vez após demissão e se despede do Chelsea

A demissão de Thomas Tuchel gerou diversos debates, visto que aconteceu no início da temporada. O último jogo do Chelsea sob o comando do alemão foi na derrota por 1 a 0 diante do Dínamo de Zagreb, pela Champions League.

O novo treinador dos Blues, Graham Potter, fará sua estreia no comando técnico da equipe nesta quarta-feira, no jogo contra o RB Salzburg, também pela fase de grupos da competição europeia.