Diretoria e elenco acertam premiação no São Paulo por conquista de título da Copa Sul-Americana


Em reunião na Argentina entre a diretoria do São Paulo e líderes do elenco, ficou acertado que metade da premiação a que o clube campeão da Copa Sul-Americana tem direito será repassada ao plantel em caso de vitória do Tricolor às 17h (de Brasília) de sábado (1/10), contra o Independiente del Valle, do Equador, em Córdoba (Argentina). O L! transmite a partida em tempo real, a partir das 17h.


+ Relembre os campeões da Copa Sul-Americana de 2012 pelo São Paulo e onde estão atualmente

Segundo o LANCE! apurou, o bicho para jogadores e comissão técnica ficará em torno de R$ 13,5 milhões. O encontro que definiu o acerto aconteceu no hotel onde o Tricolor está concentrado, na noite desta quinta-feira (29).

A reunião definiu que a divisão do dinheiro será igualitária. Ou seja, foi descartada a possibilidade aventada pela cúpula são-paulina de repartir o montante seguindo critérios como número de jogos, gols marcados e destaques individuais.

O elenco vive a expectativa do pagamento de direitos de imagem e outros bônus atrasados desde 2020, quando houve parcelamento dos salários por conta da pandemia.

Isso porque é esperado o pagamento nesta sexta-feira da primeira das quatro prestações anuais pela qual o Ajax, da Holanda, receberá pela venda de Antony ao Manchester United, da Inglaterra.

Conforme o L! apurou, os holandeses haviam prometido o pagamento ao Tricolor da primeira parcela da porcentagem que os brasileiros ainda mantinham do atacante, além do bônus pelo direito de solidariedade da Fifa por ser o clube formador, no início de outubro. A gestão Júlio Casares buscou - e conseguiu - a antecipação pela classificação à final da Sul-Americana.