Diretor médico do Vasco explica lesão de Riquelme, que só vai voltar a jogar no ano que vem

Riquelme é uma das grandes promessas do Vasco dos últimos anos (Rafael Ribeiro/Vasco)


Seria difícil que a notícia fosse pior. A lesão que fez Riquelme sair de muleta de São Januário na última terça-feira é grave. O lateral-promessa do Vasco sofreu uma ruptura de ligamento no joelho esquerdo e, deste modo, só poderá voltar a jogar no final do primeiro semestre do ano que vem.

- Riquelme só ano que vem. Provavelmente, no final do primeiro semestre do ano que vem, mesmo prazo que demos para o retorno do Sarrafiore: de oito para nove meses. É o prazo que trabalhamos para lesão do ligamento cruzado - explicou Gustavo Caldeira, diretor médico do Vasco.

É a primeira lesão grave da carreira do lateral de 19 anos. Ele vinha sendo o reserva de Edimar, e exatamente nesta vaga ele participou, como suplente, do jogo contra o Ituano.

- Ainda esperamos o laudo confirmado pelo radiologista, mas, pelo exame de imagem, já podemos ver que o ligamento cruzado já está roto. Isso aí é passível de tratamento cirúrgico e, nos próximos dias, divulgaremos quando vai ser. Até porque ele precisa ainda passar por um tratamento fisioterapêutico para diminuir o edema e fazer a cirurgia melhor - explicou Gustavo Caldeira.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

É bastante provável que o Vasco vá ao mercado para repor o desfalque de Riquelme. Atualmente, a opção para eventuais ausências de Edimar é Luiz Henrique, meia de origem. Por outro lado, o Cruz-Maltino ainda está proibido de contratar por conta da punição da Fifa pela dívida com Ricardo Sá Pinto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos