Diretor de futebol do São Paulo crava futuro de Rogério Ceni

Belmonte projetou futuro de Ceni no São Paulo (Foto: Rubens Chiri / São Paulo)


Carlos Belmonte, diretor de futebol do São Paulo, confirmou as expectativas sobre a permanência de Rogério Ceni no clube e demonstrou acreditar no trabalho do treinador.

Galeria
> Quem do Reffis pode jogar a final da Copa Sul-Americana? Veja situação dos lesionados do São Paulo

-> AO VIVO E DE GRAÇA: LANCE! vai transmitir ao vivo e de graça jogos da Bundesliga a partir deste sábado. Confira todas as informações sobre o torneio e transmissão aqui.

Em entrevista ao podcast "Hoje Sim", do narrador Cléber Machado, o dirigente destacou que pretende manter o técnico no comando do Tricolor paulista até o final de 2023.

Belmonte afirmou que a decisão já estava feita desde antes do São Paulo ser eliminado na Copa do Brasil, pelo Flamengo, na última quarta-feira (14). Conforme as palavras do dirigente, a comissão do clube já imaginava que um cenário parecido poderia acontecer. O Tricolor perdeu no jogo de ida, em casa, por 3 a 1, e foi derrotado por 1 a 0 no duelo de volta, disputado no Maracanã.

– A gente fez questão de renovar com o Rogério (até dezembro de 2023) antes do jogo contra o Palmeiras, na Copa do Brasil. Sabíamos que era um jogo difícil, que a gente poderia ser eliminado, e a gente naquele momento já deu o sinal de que, independentemente do que acontecesse, ia renovar. E renovamos – afirmou.

Ainda em entrevista, destacou que a única chance disso não se concretizar é caso o próprio Rogério Ceni decida, por si, rescindir o contrato com o clube. Nesta temporada, o treinador levou o Tricolor até a final do Campeonato Paulista, a semifinal da Copa do Brasil e busca erguer o título na Copa Sul-Americana, onde decidirá no dia primeiro de outubro contra o Independiente Del Valle.

– Se o Rogério, por algum motivo, não quiser ficar, é outra questão, de foro íntimo. Nossa relação com o Rogério é ótima, estamos satisfeitos com o trabalho. Nossa ideia é fazer o planejamento, estamos fazendo e conversamos com o Rogério hoje, inclusive - disse.

– Vamos ter que analisar o ano que vem, se eu estiver aqui. Nós analisaremos para tentar formatar. Temos que baixar o custo da folha de pagamento. É um caminho. Nós devemos fazer. Nós temos que reunir jogadores que deem mais opções de características diferentes das que nós temos, principalmente no caso de drible e velocidade. Acho que, para o ano que vem, estando aqui, quando acabar o campeonato deste ano, teremos um espaçamento maior para o início da temporada - completou Belmonte.