Diretor de futebol esclarece situação de Eduardo Vargas no Atlético-MG: 'Está nesse processo de reintegração'

No seu pior momento pelo clube alvinegro, jogador é preterido por grande parte da torcida - (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)


Fora dos relacionados há três partidas e alvo de constantes protestos dos torcedores, Eduardo Vargas vive seu pior momento com a camisa do Atlético-MG. O jogador, além disso, foi punido administrativamente, pela expulsão no jogo contra o Palmeiras, pela Libertadores.

Por isso, no último domingo, em zona mista após o empate diante do América-MG, o diretor de futebol do Galo, Rodrigo Caetano, esclareceu a situação do chileno no clube. O dirigente assumiu que há propostas, que podem resultar numa possível saída, mas, ao mesmo tempo, o atleta pode ser reintegrado ao elenco.

- Nós tivemos algumas consultas pelo Vargas, talvez até pelo preço, pela possibilidade que tínhamos, íamos avaliar, mas até agora não tivemos nada de concreto. Ele está nesse processo de reintegração, e a gente ainda aguarda (propostas) nessa semana. Caso não venha nada oficial, que é o que nós não temos agora, obviamente que ele vai estar à disposição do Cuca, porque algumas janelas, principalmente na Europa, fecham agora no dia 1º, e (há) outras, (como) ‘mundo árabe’ e tal, mas isso, muito provavelmente, não vai impedir que ele esteja à disposição durante a semana e para o próximo jogo em Goiânia - declarou.

Em contato com o empresário de Vargas, a equipe do LANCE!/Valinor Conteúdo não obteve respostas. O que se sabe é que o jogador treina normalmente na Cidade do Galo.

O próximo compromisso alvinegro é ante o Atlético-GO, no próximo domingo, 04 de setembro, no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia.