Diretor do Atlético-MG não descarta uma conversa para permanência de Cuca em 2023

Diretor analisou impacto de eliminações no elenco (Reprodução/GaloTV)


Após cair nas duas copas e estar a grande distância do líder do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG já tem uma temporada considerada de insucessos. Rodrigo Caetano, diretor executivo do clube, falou sobre o planejamento para comissão técnica e outros aspectos do Galo para 2023.

Quando perguntado sobre o planejamento para a comissão técnica do Atlético-MG na próxima temporada, Caetano disse que não descarta uma conversa com Cuca para uma possível permanência em 2023, e disse que a diretoria do clube estará mais preparada caso tenha que procurar um novo treinador.

- O que está acordado é isso (saída do Cuca no final do ano), mas penso eu que não invalida uma conversa de permanência caso seja o desejo de todos. Isso terá o seu momento - expressou o diretor.

"Se a posição dele for de não dar continuidade ao trabalho, obviamente que nós trabalharemos um pouco antes do que foi no ano passado."

Em relação à próxima temporada, Rodrigo Caetano disse esperar um melhor ano em termos financeiros para o clube, levando em conta a inauguração da Arena MRV, venda do shopping Diamond Mall e outros fatores que poderão levar o clube a realizar maiores investimentos.

- O Galo busca reduzir o passivo. Com a venda do shopping, com a inauguração da Arena MRV a expectativa é aumentar as receitas, rentabilizar a marca do Galo, elevar o nível de excelência em todos os sentidos. Investir na base, no CT e melhorar o elenco. É uma busca incessante. Não estou justificando falta de recursos para aquisição de atletas, como se não atuássemos nisso. Muitos de vocês definiram a nossa janela como boa pelo nível dos jogadores que chegaram. Isso vamos seguir fazendo, em novembro e dezembro. O projeto do presidente e dos 4R's é a médio e longo prazo. Não vamos desviar dos princípios desse projeto - disse o diretor.