Diogo Sclebin estreia no Ironman Brasil

Diogo Sclebin vai estrear no Ironman Brasil neste fim de semana. (Marcelo Rypl/Divulgação)


A 20ª edição do Ironman Brasil, com largada às 6h40m neste domingo (29), em Jurerê Internacional, em Florianópolis, vai marcar um novo momento na carreira de um dos principais triatletas do Brasil. O carioca Diogo Sclebin, que representou o Brasil em duas Olimpíadas de Londres-2012 e Londres-2016, vai encarar sua primeira prova de longa distância na modalidade. Após 22 anos competindo no formato olímpico do triatlhon, com 1.500m de natação, 40km de ciclismo e 10km de corrida, ele elegeu o evento deste fim de semana para se reinventar. Ele integrará o grupo de Elite e terá pela frente 3,9km de natação, 180km de ciclismo e 42,1km de corrida.

Aos 40 anos, Diogo Sclebin sente que chegou seu momento de viver novos desafios. “A vontade de participar do Ironman é antiga. Com o fim do meu ciclo olímpico e após tanto tempo participando da rotina do circuito, senti que agora poderia me dedicar à mudança. Era para ter sido mais cedo, mas com a pandemia e o adiamento dos Jogos de Tóquio em cima da hora, minha estreia foi adiada”, explica ele.

Diego Sclebin planeja fechar a prova em 8h30m

Com relação aos obstáculos que terá pela frente, ele destaca que sua maior preocupação é com a hidratação e alimentação. “Consegui readequar meus treinos para as novas distâncias e já estou calibrado. Mas o momento certo para beber e comer ainda me preocupa, pois essa escolha é fundamental para um bom resultado”, afirma Diogo Sclebin.

Para a estreia, Diogo tem metas altas, como sempre aconteceu em sua vitoriosa carreira. “A cada treino, vou criando parâmetros de tempo e analisando os resultados dos adversários. Acredito que possa fazer a prova em 8h30m, um pouco mais ou um pouco menos, mas essa é minha meta. Talvez seja arrogância minha dizer isso, mas o que importa é ficar próximo a isso”, diz ele. “Tenho mais de 500 provas no currículo que, apesar de curtas, me deram a experiência necessária para não ter medo de perder de ninguém”.

“Serei um atleta de longa distância”, diz Diogo Sclebin

Na verdade, em caso de resultado negativo, ele afirma que usará o aprendizado para as provas seguintes. “O resultado não será considerado para minha definição de continuar ou não nas distâncias longas. Já tenho o passaporte para outras etapas. A partir deste Ironman Brasil serei um atleta de longa distância e esta será a primeira de muitas. Se for bem, estarei mais motivado; se não, vou atrás de corrigir os erros. Quero fazer muitas provas e estou determinado a melhorar a cada evento”, ressalta.

Outros triatletas conhecidos no circuito olímpico também vão participar do Ironman Brasil, como Reinaldo Colucci, Pamella Oliveira, Bia Neres, além de outros grandes nomes do triatlhon nacional e internacional.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos