Diniz 'ganha' Yago em último teste antes de decisão; Cano impede maior jejum pelo Fluminense

Fluminense venceu o Fortaleza no Maracanã (Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense)


O jogo com o Fortaleza tinha três principais objetivos para o Fluminense: retomar a confiança, seguir dentro da briga pelo topo do Campeonato Brasileiro e testar as opções no meio-campo visando a semifinal da Copa do Brasil na próxima quinta-feira. Dá para dizer que, durante a vitória por 2 a 1 no Maracanã, o técnico Fernando Diniz conseguiu fazer todos eles.

O jogo foi bem mais complicado do que poderia ser, é verdade. Pela quarta vez na temporada, o Fortaleza deu trabalho ao Flu e dificultou ao máximo a conquista do triunfo. Nesses encontros, foram dois empates (1 a 1 no primeiro turno e 2 a 2 na volta da Copa do Brasil), além de duas vitórias para os cariocas (1 a 0 no mata-mata e 2 a 1 neste sábado).

Mesmo assim, o triunfo dá um certo conforto em um momento de queda de rendimento na temporada. Não só para o coletivo, mas também pensando no individual. Fernando Diniz garantiu que não há problema de confiança em Germán Cano, por exemplo, mas o centroavante evitou o maior jejum com a camisa tricolor ao ser o herói da vitória. Retomou a artilharia do Brasileirão e do mundo.

Veja a tabela do Campeonato Brasileiro

Entre os atletas, não foi só Cano que teve um dia importante. Sem Nonato, vendido pelo Internacional ao Ludogorets, da Bulgária, quase no fechamento da janela, Yago Felipe pode voltar a ganhar um espaço que em certo momento não havia nem questionamento se era mesmo dele. Homem de confiança nas últimas temporadas e especialmente com Abel Braga, o volante não era titular desde junho, quando jogou contra o América-MG.

O Fluminense vive um dilema sobre o setor para a decisão contra o Corinthians. André, suspenso, é uma das grandes lacunas que Diniz precisa preencher. Será Martinelli? Seriam os questionados Felipe Melo ou Wellington? O treinador já fez atividades ao longo da semana cheia para tentar prever a melhor forma de organizar a equipe no confronto da Neo Quimica Arena.

Nos últimos sete jogos, são agora duas vitórias. Além disso, o Tricolor volta ao G4 - ainda podendo ser ultrapassado dependendo dos resultados da rodada. Entretanto, não deixa seus rivais diretos se distanciaram. O Flu tem 45 pontos em terceiro. O líder Palmeiras tem 54, o Internacional, segundo, 46, o Flamengo, em quarto, 44, e o Corinthians, em quinto, 43.

Agora o Flu volta completamente as atenções para a semifinal da Copa do Brasil nesta quinta-feira, às 20h, diante do Corinthians na Neo Química Arena. A ida foi 2 a 2. Pelo Brasileirão, o próximo confronto é contra o Flamengo no domingo, às 16h, no Maracanã.