Diego Loureiro divulga que não vai mais para o Guarani e retorna para o Botafogo


A negociação entre Diego Loureiro e Guarani não vai mais acontecer. Pelo menos foi o que o próprio goleiro, que pertence ao Botafogo, garantiu neste domingo. Por meio das redes sociais, o atleta de 24 anos veio à público e se manifestou que rompeu o vínculo com o Bugre.

+ Botafogo aposta em boa relação com Olympiacos e conta com Tiquinho Soares até o fim da semana

O arqueiro até já tinha sido anunciado oficialmente como reforço da equipe de Campinas - ele seria emprestado pelo Glorioso até o fim da Série B do Brasileirão.

Em postagem no Instagram, Diego Loureiro afirmou que fatores que haviam sido previamente acordados com a diretoria do Guarani não foram cumpridos.

Desta forma, ele volta a ser jogador do Botafogo e o contrato com o Guarani deve ser rompido entre os clubes. A intenção do Glorioso continua ser emprestá-lo para outra equipe visando dar rodagem e mais tempo de jogo ao jogador.

NOTA DE DIEGO LOUREIRO:

"Venho por meio desta nota esclarecer e me posicionar mediante a minha não permanência no Guarani após divulgação, por parte do clube, sobre a minha contratação.

Sou um atleta muito comprometido com tudo aquilo que me disponho a fazer, quando recebi a proposta do Bugre não cheguei a pensar sequer em não aceitar, é um grande celeiro de craques, com uma torcida maravilhosa e que merece sair da situação que está.

Sabedor da intenção do clube em contar com meu serviço, me certifiquei de ter informações seguras sobre o que vem acontecendo no clube, sobre a estrutura e sobre o planejamento do mesmo para a Série B.

Ouvi muitas coisas boas, entretanto algumas dessas coisas já me decepcionaram antes mesmo de entrar em campo: os termos acordados antes de minha viagem à Campinas mudaram totalmente quando cheguei à sede do clube.

Tempo de contrato, formato de pagamento e até mesmo a forma como as remunerações seriam feitas, foram modificadas.

Mediante a tudo isso, busquei resolver tudo da melhor maneira possível, tentei ajustar os termos, movimentei todo meu staff e minha família, mas sequer tive retorno.

Lamento, porque estava com muita vontade de jogar no Brinco e ajudar o Guarani a sair dessa situação.

Agradeço todo carinho que recebi neste pequeno tempo pelas redes sociais e torço para que as coisas melhorem."