Diego Alves, sobre parte técnica do Flamengo em derrota: 'Muito abaixo do que a gente está acostumado'

Diego Alves durante o aquecimento antes da partida contra o Atlético-MG (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


Diego Alves admitiu que a parte técnica do Flamengo foi bem abaixo na derrota para o Atlético-MG por 2 a 0, neste domingo, em partida válida pela 13ª rodada do Brasileirão. Na zona mista, o goleiro analisou o confronto e admitiu que, no contexto geral, o time não fez um grande jogo.

> ATUAÇÕES: João Gomes é o destaque positivo na derrota do Fla

- Envolve a partida técnica. Hoje foi muito abaixo do que a gente está acostumado. Talvez pela força e pelo poderio do Atlético-MG na parte da marcação. É lógico que deixamos a desejar no sentido de coletivo, em todos os aspectos. Foi um jogo difícil. Que eu me lembra tiveram alguns momentos em que tivemos algum controle, algumas chegadas, mas, no contexto geral, acho que não foi um grande jogo.

Diego Alves, inclusive, pode estar vivendo os últimos meses com a camisa do Flamengo, já que seu contrato expira no fim do ano. Nesse sentido, ele agradeceu o carinho que recebeu da Nação nos últimos jogos do time e ressaltou a importância de trabalhar para trazer alegrias ao torcedor novamente.

- Posso estar vivendo meus últimos meses, com certeza, no Flamengo. Falo meses porque temos aí até o final do ano. Dentre os momentos que a gente passou agora, só tenho que agradecer o carinho da torcida, o carinho dos jogadores. Nós estamos aqui para ajudar o Flamengo, o Flamengo é o mais importante. Nós, jogadores, vamos passar, e o Flamengo continua. Então, não existe essa parte individual de: "ah, eu sou mais". Não existe, nunca existiu, só para deixar bem claro.

- Estamos aqui para ajudar e para deixar o Flamengo onde ele merece, com títulos e dar alegria para a torcida. É lógico que a gente, talvez no momento, não consiga dar essa alegria para a torcida, porque ela está um pouco machucada com o atual momento. Mas é o nosso trabalho poder levar essa alegria para a torcida novamente. Eu me sinto muito preparado para poder ajudar tanto jogando quanto não jogando. É querer ajudar sempre o clube.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos