Destaque da base do Resende passa por período de experiência no Lyon

Thaun, atleta de 13 anos do Resende, passou por experiência no Lyon (Foto: Divulgação)


O Resende tem uma parceria com o Lyon para aplicar a metodologia da equipe francesa nas categorias de base. Assim, o atleta Thauan, de apenas 13 anos, passou por um período de 15 dias no CT do Lyon, na França. O jovem comentou sobre sua experiência no clube francês.

+ Aposentadoria? Cristiano Ronaldo revela planos com Portugal

- É maravilhoso. A cidade, a estrutura, o CT, o estádio e, o mais legal, é ver que a metodologia é muito parecida com a nossa, em Resende. Muito do que treino no CT em Resende, e no nosso CT de Barra Mansa, também executei nos treinamentos em Lyon. O clube francês solicita e entendo o quanto é importante este período presencial. Apesar da minha pouca idade, vejo que cresço muito com tudo isso e já aproveito até para aprender mais um pouco de francês - contou Thauan.

Para Hugo Machado, gerente de futebol do Resende, este intercâmbio é essencial para fortalecer os laços com o Lyon e, principalmente, para o desenvolvimento dos jovens atletas. Ele comentou sobre como foi tratada a experiência de Thauan.

- O Thauan é um jogador com um potencial muito grande, com premiações individuais em sua categoria. Já marcou 18 gols este ano. Pela idade, podemos dizer que é fora da curva e é natural este interesse do Lyon em acompanhar mais de perto. Mas a viagem é pensada de uma forma bem leve, sem peso algum, pois trata-se de um adolescente - disse Hugo.

+ Arthur é 'rebaixado' para o sub-21 do Liverpool e entra em campo em derrota

A troca de experiências entre atletas do Resende e o Lyon, no CT do clube francês, começou há três anos, imediatamente após a assinatura da parceria entre os clubes.

Marcelo Montenegro, gerente de marketing do Resende, exalta a parceria com o Lyon e comenta casos de outros jogadores que já atuam em outras equipes.

- O Resende está atrelado à principal academia de formação da França. No futebol mundial, o Lyon fica atrás, apenas, de Barcelona e Real Madrid quando o assunto é formar jogadores para as cinco principais ligas do futebol do mundo. São números impressionantes -destacou.

- Além das ativações e da maneira com que o Resende passou a ser visto pelo mercado, outros atletas já passaram por esta experiência. É o caso do lateral DG e do meia João Felipe, que hoje estão no Botafogo, além do zagueiro Peixoto, David Kauã e Kaio, que estão, respectivamente, no Portimonense, Palmeiras e no Resende. Eles são exemplos para quem está iniciando a trajetória no clube - concluiu o gerente.