Desfalcado, Corinthians conta com força da Arena para defender tabu contra o Palmeiras no Dérbi feminino

Timão eliminou o Real Brasília nas quartas de final do Brasileirão feminino (Foto: Rodrigo Gazzanel / Ag. Corinthians)


Neste sábado (27), Corinthians e Palmeiras se enfrentam na Neo Química Arena, às 14h, em duelo válido pela partida de ida da semifinal do Brasileirão Feminino. O Dérbi em questão marca o vigésimo primeiro encontro entre as equipes na história da modalidade.

GALERIA - Quem é melhor: Flu ou Timão? Veja votação feita pelo L!

O clássico é um ‘tira-teima’ do ano passado, onde as rivais se enfrentaram na final do campeonato nacional, e as Brabas, como ficaram intituladas as jogadoras corintianas, faturaram a taça.

TIME DESFALCADO

No entanto, a missão do Timão nesta temporada tem um grau de dificuldade maior, pois o técnico Arthur Elias tem diversos desfalques para a partida. Ele não poderá contar com quatro pilares da equipe: a zagueira Giovanna Campiolo, a meia Gabi Zanotti, e as atacantes Gabi Portilho e Victoria Albuquerque.

Não obstante, mais cinco atletas corintiana também estão sob os cuidados do departamento médico. Em coletiva antes do Dérbi, o treinador lamentou as lesões e explicou como isso dificultou a preparação.

- A gente teve bastante dificuldade com o número de lesões. Várias baixas em relação as atletas disponíveis para treinamento. 80, 85% dos treinos foram com 14, 15 jogadoras de linha no máximo. Isso impacta porque a gente não consegue dar um treinamento com qualidade. Mas as atletas encararam isso de uma forma positiva, sei o crescimento que as atletas tiveram nesse ano, o sacrifício que elas colocaram em cada jogo, momento, para honrar essa camisa - afirmou Arthur Elias.

TABELA - Timão ou Verdão? Simule o mata-mata do Brasileirão Feminino

TABU

Desde que o time feminino do Palmeiras foi reativado, em 2019, sete Dérbis já foram disputados em duelos mata-mata, e o Corinthians jamais foi derrotado. O Timão soma cinco vitórias e dois empates em duelos eliminatórios contra as rivais.

Apesar do bom retrospecto, os momentos das equipes são distintos, já que o Verdão não tem desfalques e possui o melhor ataque da competição, com 52 gols marcados.

Arthur Elias reconheceu que o favoritismo está com o Palmeiras, mas destacou que sua equipe vai lutar os 90 minutos para sair com a vitória.

- Eu concordo, para esse jogo, o Palmeiras é o favorito e vamos lutar para colocar o Corinthians na final com o pensamento que a gente sempre tem aqui dentro: independentemente do que falam, a gente não entende que é melhor ou pior, a gente entra em campo para defender o nosso clube e jogar dentro da nossa proposta, com dedicação - declarou.

Se o Corinthians busca um resultado positivo no primeiro duelo, terá o apoio de sua torcida na Neo Química Arena. O clube confirmou que mais de 15 mil ingressos foram vendidos antecipadamente.

No ano passado, o Timão conquistou a tríplice-coroa, faturando o Paulistão, Brasileirão e Libertadores no feminino.