Dependência de André? Por que o Fluminense sentiu tanto a falta do volante

André é titular absoluto do Fluminense desde o ano passado (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)


O cartão amarelo aos 49 minutos do segundo tempo no jogo de ida acabou custando caro a André e ao Fluminense na semifinal da Copa do Brasil contra o Corinthians. Suspenso no confronto de volta, o volante mostrou mais uma vez que é insubstituível dentro do Tricolor e leva o debate para dois lados: montagem do elenco e a qualidade do atleta criado em Xerém.

André ficou fora de 11 partidas do Fluminense na atual temporada. Foram elas os duelos contra Audax Rio, Portuguesa, Volta Redonda, Resende e Boavista no Campeonato Carioca, Cuiabá (duas vezes), Palmeiras e América-MG no Brasileirão, além do confronto com o Unión Santa Fe, da Argentina, pela Copa Sul-Americana. Foram seis vitórias, quatro empates e uma derrota.

Há vários motivos que fazem a ausência do jovem ser sentida pelo Fluminense atualmente, mas o principal deles é a falta de opções para o setor. De origem na posição de André, o técnico Fernando Diniz tem apenas os contestados Felipe Melo e Wellington. Nenhum dos dois conseguiu se firmar com o treinador, que chegou a testar alternativas no meio-campo nos últimos jogos, mas não com eles. A opção por Wellington foi direto na semifinal pela primeira vez.

Veja a tabela do Campeonato Brasileiro

​No segundo tempo, Diniz optou pela saída do titular e colocou Nathan para abrir mais o time. As mudanças e a desorganização acabaram culminando em um resultado mais elástico. Sem Nonato, vendido pelo Internacional ao Ludogorets, da Bulgária, o Flu perdeu a espinha dorsal do principal setor do time. Sem os dois, o Tricolor vive momento de desequilíbrio.

Essa dependência não seria criada se André não tivesse uma qualidade acima da média. Em mais um ano consolidado como titular do Fluminense, o jogador se tornou, por méritos próprios, um dos destaques do time. Aos 21 anos, ele tem 48 jogos em 2022, marcou dois gols e deu duas assistências. Quando ficou fora foi por ser poupado junto aos titulares ou por suspensão.

Para a felicidade da torcida, André volta ao time para o clássico com o Flamengo neste domingo, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Fluminense entra em campo às 16h, no Maracanã, mantendo o foco na única competição que ainda está vivo. O Tricolor é o quarto colocado.