Demissão de Tuchel foi "surpresa para todos" no Chelsea, diz Jorginho

A demissão do técnico Thomas Tuchel do Chelsea após a derrota para o Dínamo de Zagreb há uma semana foi “uma surpresa para todos”, admitiu nesta terça-feira o meia Jorginho, em entrevista coletiva prévia ao confronto com o RB Salzburg pela Liga dos Campeões.

“Muitas coisas aconteceram (em uma semana), como todos sabem. Estamos tentando nos adaptar ao novo treinador e estamos muito ansiosos para trabalhar com ele”, explicou o jogador, quando questionado sobre como foram os últimos dias no clube

Depois de pouco mais de um ano e meio no cargo, Tuchel foi demitido no dia seguinte à derrota dos ‘Blues’ na estreia na Champions e após um início de temporada sem brilho.

Dois dias depois, o Chelsea anunciou Graham Potter, que até então estava no Brighton, como novo treinador do time.

“Foi uma surpresa para todos, obviamente”, disse Jorginho, sem mencionar a reação do elenco quanto à mudança.

“Conversamos sobre isso, mas o que foi dito entre os jogadores ficará entre nós, desculpe”, explicou sorrindo.

“Tivemos um grande período com Thomas. Somos gratos por tudo o que ele fez por nós, pelo clube, pelos torcedores, mas agora há um novo desafio e estamos muito animados”, acrescentou o meia.

Enquanto a partida contra o RB Salzburg será crucial para o Chelsea manter boas chances de classificação para as oitavas de final da Champions, Jorginho garantiu que a equipe já virou a página depois da derrota na estreia.

“Agora temos mais jogos pela frente. A vida passa mito rápido e não temos tempo para pensar nisso. Temos que nos concentrar no que temos que fazer”.

Segundo ele, o primeiro contato com Potter foi positivo.

“Chegou com uma ideia, só temos que tentar saber o que ele espera de nós e fazer o nosso melhor. Somos nós, toda a equipe, os responsáveis pelo que vai acontecer”, ressaltou Jorginho.

“Ele é muito humilde, mas com uma maneira muito boa de trabalhar. Está encarando esse desafio e acho que fará um bom trabalho. Tem boas ideias e um grupo de jogadores prontos para fazer tudo e ouvir o que ele quer. É uma boa combinação para obter bons resultados", concluiu.

hap/tmt/cb