Debinha marca golaço, mas Brasil perde para Dinamarca em amistoso

Brasil perdeu para a Dinamarca nesta sexta-feira (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)


A Seleção Brasileira feminina perdeu para a Dinamarca em amistoso realizado nesta sexta-feira. Em Copenhage, as anfitriãs venceram por 2 a 1, com gols de Thomsen e Jegl. Debinha marcou golaço para o Brasil, mas não evitou a derrota. A equipe de Pia Sundhage fez primeiro tempo ruim e teve leve melhora na etapa final.

A primeira finalização da partida foi da Dinamarca, aos cinco minutos, quando Svava arrematou pelo lado do gol de Lorena. Melhor em campo, a equipe da casa abriu o placar aos 16', com Thomsen. Harder recuperou a bola no meio e tocou para a atacante, que chutou no ângulo da goleira brasileira.

+ Fifa anuncia permissão de 26 convocados e 15 jogadores no banco na Copa do Mundo do Qatar

O Brasil só chegou ao gol da Dinamarca aos 26 minutos, com Debinha. A atacante avançou pela esquerda, cortou duas zagueiras, saiu na cara do gol, mas a finalização saiu pelo lado. Aos 40', Kerolin recebeu na entrada da área, driblou uma zagueira dinamarquesa e chutou rente à trave de Christensen.

+ Barcelona sonha com o retorno de atacante para a próxima temporada

Logo com um minuto da etapa final, a Dinamarca assustou novamente em chute de Bruun que parou ao Thomsen. Dois minutos depois, Kerolin recebeu sozinha na pequena área, mas chutou por cima do gol. Aos 8', Adriana fez boa jogada e finalizou, mas Christensen defendeu sem sustos.

+ Fifa divulga cartaz do Qatar 2022! Veja todos os pôsteres da história das Copas

Aos 11', a Seleção teve duas grandes chances de empatar. Bia Zaneratto chutou de fora da área e a goleira defendeu. No rebote, Debinha cruzou e Bia tentou novamente, mas a zagueira cortou em cima da linha. Melhor na etapa final, o Brasil empatou aos 41 minutos. Debinha recuperou uma bola na linha de fundo, passou por três marcadoras e chutou no canto para deixar tudo igual.

Mas o jogo ainda não havia terminado. Aos 46 minutos, Jegl recebeu na área e chutou cruzado para dar a vitória às dinamarquesas. Na próxima terça-feira, a Seleção volta a campo para enfrentar a Suécia, também fora de casa. Em julho, o Brasil vai jogar a Copa América e estreia contra a Argentina, no dia 9.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos