David Silva é multado após 'agarrar' mulher em briga no carnaval

David Silva está na Real Sociedad após grande passagem pelo Manchester City. Foto: Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images
David Silva está na Real Sociedad após grande passagem pelo Manchester City. Foto: Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images

A lenda do Manchester City, David Silva, foi condenada a pagar uma multa de € 1.080 (quase R$ 5.500) por agarrar uma jovem durante uma briga em um carnaval nas Ilhas Canárias.

O incidente ocorreu no Carnaval de Maspalomas, em Gran Canaria, em 19 de junho e também envolveu o irmão da estrela da Real Sociedad, Fernando Antonio Jimenez Silva, e um terceiro indivíduo não identificado.

Leia também:

De acordo com a mídia espanhola Tiempo de Canarias, que teve acesso a documentos judiciais, foi dito que Silva tinha a 'intenção de minar a integridade física' da vítima e 'agarrou seu braço com força para afastá-la, fazendo com que ela caísse o chão.'

A jovem teria sofrido uma dor cervical pós-traumática, uma contusão no cotovelo esquerdo, bem como contusões e arranhões nos joelhos e um dedo na mão esquerda.

Ela necessitou de assistência médica no local 'sem necessidade de tratamento médico subsequente'.

A terceira pessoa não identificada envolvida na briga teria atingido um jovem com uma pedra e ameaçado outro com uma faca, gritando 'venha aqui que eu te corto'.

Entende-se que o caso nunca chegou a julgamento, pois todos os réus admitiram sua parte no incidente.

David Silva foi fotografado em Gran Canaria com a sua equipe no clube de praia que possui na ilha em junho. Não há nenhuma sugestão de que alguém fotografado com o jogador esteja envolvido no incidente.

O meio-campista da Real Sociedad reconheceu os fatos pelo Ministério Público. Silva também foi instruído a indenizar a jovem devido aos ferimentos sofridos e aos danos materiais causados ​​em consequência do incidente.

Seu irmão, entretanto, foi condenado por ter atingido um jovem no rosto e, uma vez que a vítima caiu no chão, continuou agredindo diferentes partes do corpo junto com outras pessoas que não puderam ser identificadas.

Poucos dias após o incidente ter ocorrido, Silva postou uma foto no Instagram onde é visto com funcionários do clube de praia que possui na ilha.

A Real Sociedad foi abordada, mas se recusou a comentar o caso.