Datena dá bronca em produção por notícia de morte de Schumacher; web repercute

Schumacher sofreu grave acidente em 2013; Datena pediu cautela na busca por 'furo mundial' (Fotos: AFP; Reprodução/Band)


Apresentador do Brasil Urgente, da Band, José Luiz Datena recebeu uma informação no programa de segunda-feira que o heptacampeão do mundo Michael Schumacher, que está em coma desde 2013, teria morrido. O veterano apresentador começou a checar a informação ao vivo e se irritou com a produção após ver que nenhum veículo do mundo tinha dado a notícia.

Datena ainda usou uma expressão conhecida para dizer que a equipe deveria apurar a notícia com calma.

- Tem uma notícia ai... 'Macaco velho não põe a mão em cumbuca'. Tem uma notícia de que o Schumacher teria morrido. Eu entrei em quatro sites e até agora não apareceu nada. Vocês (produção) no afã de dar um furo mundial podem dar uma orelhada (noticiar fake news) - iniciou ele.

- Pode ser até que tenha acontecido, pois ele estava muito mal após o acidente. Estou no site de um jornal alemão, um dos maiores, e não tem absolutamente nada. Então chequem direito para não matar as pessoas antes do tempo. Tem alguns que a gente tem vontade, mas não pode matar o cara na televisão - concluiu.

Depois Datena cobrou a fonte da notícia e a produção informou que foi passada por um diretor da Band. Datena ponderou a situação e lembrou que ele poderia ter recebido por ser a Band a dona dos direitos da Fórmula 1 no Brasil. Mas depois "aconselhou" que o diretor, que não teve o nome citado, "checasse" direito.

O assunto repercutiu na internet e muitas pessoas criticaram o programa. Apesar da ponderação de Datena, o apresentador também foi criticado.

- Eu espero que chegue pelo menos em alguém que cuida da mídia da família Schumacher e processe esse homem (Datena). A gente nunca tem notícia sobre o caso do Michael e é lógico que não vai ser o Datena que vai ter em primeira mão essa noticia que ele soltou sem mais, nem menos - disse um internauta.

- Digo mais: essa fake news do Datena sobre o Schumacher é algo embaraçoso demais para a emissora oficial da Fórmula 1 no Brasil. Retratação é o mínimo do mínimo - disse outro.

Também tiveram comentários que defenderam o posicionamento de Datena.

- Datena não anuncia a morte. Apenas relata o que ouviu em algum canto e questiona a notícia. Por mim, nada demais - disse um internauta.

- O real problema das pessoas hoje: Compreensão! O Datena, ao vivo, recebe uma mensagem da morte do Schumacher. Imediatamente fala sobre não ter comprovação e para que procurem pois ele não achou. Resultado: 90% das pessoas dizem que ele afirmou (a morte) e que a família devia processar - afirmou outro.