Cuca volta à Vila pela primeira vez após a passagem do vice da Libertadores

Cuca vai comandar o Atlético-MG nesta quarta-feira, na Vila (Foto: Ivan Storti/Santos)


O técnico Cuca voltará à Vila Belmiro pela primeira vez desde sua saída do Peixe, no final da temporada de 2020, mas que terminou em fevereiro de 2021 por conta da pandemia do Coronavírus. O treinador não enfrentou o Peixe em 2021 na Baixada Santista por suspensão.

Como treinador, Cuca tem três passagens pelo Santos. A primeira aconteceu em 2008, em momento ruim para o Alvinegro. O treinador, ainda sem títulos na carreira, chegava para tirar o Peixe da zona de rebaixamento do Brasileirão. Mas a missão não foi bem sucedida. Foram 14 jogos com três vitória e sete derrotas, antes da demissão.

Em 2018, em novo momento difícil, a história foi diferente. O treinador salvou o time da zona da degola e quase conseguiu conquistar uma vaga na Copa Libertadores com o trio Rodrygo, Gabigol e Bruno Henrique. Em 27 jogos, foram dez vitórias, nove empates e oito derrotas.

A temporada com maior sucesso do treinador foi em 2020. Foram 44 jogos disputados, 18 vitórias, 14 empates e 12 derrotas. Um aproveitamento de 51,51%. No período, o time fez 69 gols e sofreu 59. O time foi vice-campeão da Copa Libertadores, eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil, e ficou na 8ª colocação do Brasileirão.

A derrota na final da Copa Libertadores, porém, foi o mais marcante. Em jogo único disputado no estádio do Maracanã, o Peixe perdeu por 1 a 0, gol de Breno Lopes. Na final, o treinador acabou sendo expulso e assistiu os momentos finais na arquibancada.

“Eu até hoje não esqueço aquela final da Libertadores. Eu falava para os guris que a gente iria ganhar. O Felipe Jonatan começou a falar que estava tonto, me tira, me tira. O Wellington estava vendo o jogo, poderia ter diminuído o espaço. O Pará deu uma brecha ali e eu fui expulso e vou morrer brigando para falar que eu não vi o Marcos Rocha. Se a gente fica ali, poderia ser outro jogo pq coloquei o Lucas Braga de um lado, o Madson de outro e deixei o time fresco, mais forte para ganhar com Marinho e Soteldo por dentro. Me dói muito aquele jogo porque a gente tinha condição de ganhar a Libertadores. Eu falava que a gente iria ganhar e eles estavam acreditando. O John que é um baita de um goleiro para sair do gol, o João Paulo é do mesmo nível também. Eu ganhei outros títulos mas aquele jogo me dói pq a gente tinha condição de ganhar e tomamos um gol aos 52 minutos”, disse o treinador em entrevista recente ao Bola da Vez, do canal ESPN.

Em números gerais, Cuca chegou a 85 jogos no comando do Peixe, onde ele já tinha trabalhado em 2008 e 2018. Ele está com 31 vitórias, 27 empates e 26 derrotas. Aproveitamento de 47,05%.

Após deixar o Alvinegro Praiano, o treinador acertou com o Atlético-MG e foi campeão da Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. No final de 2021, porém, anunciou que não continuaria no Galo. Seis meses depois, porém, retornou ao time Mineiro.