Cuca exalta vantagem de conhecer elenco do Galo, e diz considerar disputa por Seleção

Cuca deu coletiva de apresentação nesta terça-feira (26) - Reprodução/Galo TV


Cuca foi apresentado como novo técnico do Atlético-MG nesta terça-feira, em entrevista para a GaloTV. Na coletiva, o treinador exaltou a importância de já conhecer grande parte do elenco atleticano, falou sobre a disputa de técnicos brasileiros para assumir a Seleção Brasileira, projetou quantas vitórias o Galo precisará para vencer o Campeonato Brasileiro, e mais.

Um dos pontos mais perguntados a Cuca ao longo da coletiva foi sobre os desafios para a melhora de desempenho do Atlético-MG na atual temporada. Em resposta, o treinador frisou que uma de suas vantagens é conhecer a maior parte do elenco do time mineiro.

"Eu tenho uma ideia, um conhecimento bastante grande do grupo. Não conheço meia dúzia que chegaram, mas a grande maioria a gente conhece", expressou o treinador. Os jogadores do atual elenco do Atlético-MG que não trabalharam com Cuca na última temporada são Otávio, Ademir, Fábio Gomes, Pedrinho, Pavón, Alan Kardec e Jemerson.


Seleção Brasileira

Em relação aos rumores de um possível convite para assumir a Seleção Brasileira em 2023, Cuca expressou que não voltou ao Galo pensando na Seleção, mas que considera a disputa pelo cargo.

- O posto de treinador da Seleção é dado para aquele que tem o melhor desempenho, para aquele que tem as conquistas. É isso que o treinador brasileiro busca dentro dos clubes, sem mirar uma seleção. Eu, particularmente, não sou fissurado em Seleção, eu não vim para o Galo para projeto seleção brasileira. Eu vim para o Galo para esse projeto segundo turno/ Taça Libertadores. Claro que uma coisa influencia outra, se acaba o ano com a gente muito bem, o teu nome cresce. Se acaba mal, o teu nome diminui. - disse o treinador.

Contas para o título brasileiro

Cuca chega ao Atlético-MG no início do segundo turno do Brasileirão. Com sete pontos atrás do líder Palmeiras, o treinador não terá muita margem para derrotas. Dessa forma, Cuca calculou uma média de quantas partidas o time mineiro precisará para sair campeão da competição.

"Tem que ganhar no mínimo 15 partidas, que são 45 pontos. Junto com 32 que você tem, são 77. E ainda torcer para o Palmeiras, que hoje é o primeiro, não fazer 78, não fazer mais 39", disse o treinador, que também disse estar focado na partida de estreia contra o Internacional no próximo domingo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos