Cruzeiro tem julgamento por cantos homofóbicos suspenso; STJD analisa transação disciplinar

Julgamento poderia ocasionar a perda de três pontos por parte do time celeste (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)


O Cruzeiro teve o seu julgamento que analisava uma possível punição para o clube por conta de cantos homofóbicos de sua torcida em uma partida contra o Grêmio pela Série B do Brasileirão suspenso.

Isso aconteceu porque o clube mineiro propôs uma transação disciplinar, em que o time firmaria um acordo com o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

O Cruzeiro propôs a transação disciplinar à Procuradoria. O STJD realizará a análise, e caso o acordo seja aceito, o clube será julgado em outra sessão do STJD.

O Cruzeiro corre risco de perder pontos na Série B por conta dos atos preconceituosos. No mesmo jogo, o Grêmio também foi denunciado também por cânticos discriminatórios. O time mineiro lidera a Série B, com 22 pontos, enquanto a equipe gaúcha ocupa a quinta posição, com 13.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos