Cruzeiro recebe o Operário-PR de olho no acesso antecipado

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Apesar do empate por 1 a 1 contra o Criciúma, no domingo (4), o Cruzeiro segue na liderança isolada da Série B, com 59 pontos -nove a mais do que o Bahia, em segundo lugar. Agora, o time celeste se prepara para receber o Operário-PR nesta quinta-feira (8), às 21h30 (de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), pela 29ª rodada da Série B.

Invicto há 11 partidas, se vencer nesta quinta-feira o Cruzeiro terá a vaga na elite do nacional praticamente garantida. Ainda que faltem algumas rodadas, a torcida já tem comparecido aos jogos em clima de festa. Mais de 50 mil torcedores do clube mineiro foram à partida de domingo, e o Cruzeiro anunciou nesta quarta-feira (5) que 48 mil já foram vendidos para esta quinta.

Apesar do momento positivo, o técnico Paulo Pezzolano prega cautela, e reconhece que a ansiedade com o acesso pode prejudicar o desempenho do time, como aconteceu no domingo. "A tarde não foi muito boa para nós. Depois tem o nervosismo, está mais perto (acesso), então começa o nervosismo de querer ganhar o jogo na primeira bola, rápido e esquecemos que o jogo tem 100 minutos", disse, em coletiva após o empate. "Temos que baixar a ansiedade e saber que vamos subir sim, estamos convencidos, perto, mas vai chegar no momento que tem que chegar."

Ainda assim, o técnico elogiou o trabalho do elenco celeste. "O que posso falar e ressaltar é a coragem e o coração dos jogadores. Esse jogo não estava fácil e o Cruzeiro até o último minuto, até o último segundo, seguiu tentando atacar. Parabéns aos jogadores", afirmou.

Nesta quinta, Pezzolano não poderá contar com o atacante Rafa Silva, suspenso após expulsão contra o Criciúma, e o volante Neto Moura, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O meia João Paulo, em recuperação de cirurgia na coxa direita, continua como desfalque.

O técnico pode optar por Willian Oliveira ou Pablo Siles no lugar de Neto Moura, enquanto Jajá pode entrar no lugar de Rafa Silva -em coletiva após o jogo contra o Criciúma, Pezzolano indicou que o jogador, que se recuperou há pouco de lesão, tem condições de jogar 45 minutos e de começar como titular. Portanto, uma possível escalação inicial do Cruzeiro tem: Rafael Cabral; Zé Ivaldo, Oliveira e Eduardo Brock; Wesley Gasolina (Geovane Jesus), Willian Oliveira (Pablo Siles), Filipe Machado e Matheus Bidu; Jajá (Luvannor), Daniel Júnior (Bruno Rodrigues) e Edu.

O Operário-PR, por sua vez, busca repetir o sucesso da vitória contra o Londrina, na última rodada, para se afastar do rebaixamento. Com 30 pontos, o clube paranaense ocupa a 19ª posição.

O técnico Matheus Costa tem como desfalques confirmados os atacantes Felipe Garcia, suspenso após expulsão contra o Londrina, e Kalil, que se recupera de lesão. Assim, uma possível escalação inicial do Operário-PR tem: Vanderlei; Arnaldo, Dirceu, Reniê e Fabiano; Rafael Chorão, Fernando Neto e Javier Reina; Paulo Victor, Giovanni Pavani e Júnior Brandão.

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Horário: Às 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira (8)

Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)

VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (Fifa/SP)

Transmissão: SporTV e Premiere