Cruzeiro busca evitar transfer ban pela compra de Rodriguinho, mas diretor não garante

Nova punição pode acarretar problemas com o registro de atletas - (Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)


Conforme noticiado anteriormente pelo LANCE!/Valinor Conteúdo, o Cruzeiro ainda aguarda a ordem de pagamento da Fifa pela compra do meio-campista Rodriguinho, junto ao Pyramidis, do Egito, ainda na temporada 2019. O valor total do débito está na casa de 6 milhões de dólares, em ação que corre na Justiça.

>>> Treta tem novo episódio: entenda a briga judicial entre Belo e Denílson

O não pagamento da dívida acarretará um novo transfer ban à Raposa, ou seja, a impossibilidade de registrar novos atletas. O Cruzeiro, na figura de seu Diretor Executivo de Futebol, Pedro Martins, disse que trabalha para evitar a punição, mas não garante sucesso.

- A gente não tem garantia de que isso (transfer ban) não vai acontecer, mas estamos trabalhando para que isso seja equalizado e não interfira na próxima janela de transferências - disse o executivo da Raposa.

Atualmente no Cuiabá, o jogador, campeão brasileiro pelo Corinthians, defendeu o Cruzeiro entre 2019 e 2020. Com a camisa celeste, foram 22 partidas disputadas, com oito gols marcados.