Crise entre Cristiano Ronaldo e Manchester United ganha novo capítulo

CR7 tenta encontrar clube para poder atuar nesta temporada após desgaste no United (Foto: IAN KINGTON / AFP)


A crise entre Cristiano Ronaldo e Manchester United ganhou mais um capítulo. Segundo o "The Times", o atacante está irritado por conta de uma redução salarial de 25% imposta em seu contrato caso os Red Devils não jogassem a Champions League.

Na última temporada da Premier League, os Diabos Vermelhos encerraram sua participação na 6ª colocação, conquistando vaga apenas para a Liga Europa. No entanto, o veterano argumenta que ele não teve responsabilidade no fracasso da equipe.

O atleta, que marcou 18 gols na última edição do Campeonato Inglês, é quem terá o maior impacto, uma vez que possuía o salário mais alto do elenco. Assim como o português, todo o elenco irá sofrer a punição.

Justamente por não estar na Champions League, Cristiano Ronaldo buscava uma saída no mercado de transferências. No entanto, o jogador vem encontrando dificuldades em deixar o Manchester United.