CR7 insiste em deixar o United e pode voltar para Madrid

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Cristiano Ronaldo gosta da ideia de voltar a morar em Madrid. Foto: David S. Bustamante/Soccrates/Getty Images
Cristiano Ronaldo gosta da ideia de voltar a morar em Madrid. Foto: David S. Bustamante/Soccrates/Getty Images

O Manchester United não está blefando. O clube inglês não está disposto a deixar Cristiano sair. Embora o desejo do craque português seja deixar Old Trafford, a liderança do United e seu técnico, Ten Hag, estão totalmente relutantes em abrir as portas para ele.

O melhor exemplo disso foi a recusa em negociar uma transferência com o Chelsea. Mas o jogador também se mantém firme. A luta começou e a Europa está esperando para ver se o dono de cinco Bolas de Ouro vai mudar de cena e ficar ao seu alcance, embora não haja tantas possibilidades para o craque português.

Leia também:

Agora quem entrou na lista de interessados é o Atlético de Madrid, que por enquanto, fica mais como um espectador, embora já tenha feito algum contato com o clube inglês.

Cristiano chegou a fechar um acordo com o Chelsea há poucos dias. A pedido expresso do novo proprietário, Todd Boehly, ele acertou com Jorge Mendes o acordo para que o português jogasse as próximas duas temporadas no time azul, mas a relutância de Tuchel e a rejeição total do United à operação truncaram o acordo.

Qualquer tipo de movimento não será fácil, mas as possibilidades continuarão surgindo. O Bayern está procurando um substituto para Lewandowski, embora Kahn, presidente do Conselho de Esportes, tenha comentado no Bild que duvida que “contratar Cristiano seja a coisa certa a fazer”.

A informação do interesse do Atlético de Madrid foi dada pelo jornal espanhol AS. Apesar das especulações, a realidade é que o clube rojiblanco não pode pagar uma operação como esta neste momento, principalmente devido a constrangimentos econômicos. O Atleti precisa obter 40 milhões em vendas e, para ser elegível para tal contratação, teria que ser mais.

O atacante português vê com bons olhos a opção de retornar a Madrid. O Atleti permitiria que ele continuasse jogando na Liga dos Campeões (o United se classificou para a Liga Europa) e disputando títulos. E ele gosta da capital espanhola para viver.

Além disso, assim como Cholo gosta do português, Cristiano também se deixa seduzir por poder trabalhar com Simeone, atleta competitivo e dedicado ao futebol como ele. Os elogios entre eles fluíram em ambas as direções.

Cristiano Ronaldo ainda está em Portugal e ainda não viajou para Manchester. O craque alegou um problema familiar para atrasar sua apresentação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos