Corinthians x Inter reaquece rivalidade antiga com briga direta pelo G4

UOL/FOLHAPRESS - Corinthians e Internacional se enfrentam na Neo Química Arena neste domingo (4), às 16h de Brasília, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, e fazem um duelo direto por uma vaga no G4 do torneio nacional, que garante classificação direta na fase de grupos da próxima Copa Libertadores.

O clube alvinegro é o atual quarto colocado com 42 pontos, e o time colorado está logo atrás, em quinto, com os mesmos 42 pontos, mas com uma vitória a menos.

Considerada uma das maiores rivalidades interestaduais do país, Corinthians e Inter tiveram como último capítulo a contratação do atacante Yuri Alberto pelo clube Alvinegro, que rendeu mais uma provocação ao rival do sul, relembrando o famoso "episódio do DVD", em 2009.

Neste domingo, um provável Corinthians tem: Cássio; Fagner, Gil, Balbuena e Fábio Santos; Cantillo (Roni ou Ramiro), Fausto Vera e Renato Augusto; Gustavo Mosquito, Róger Guedes e Yuri Alberto.

Já o Inter deve ir a campo com: Daniel; Bustos, Vitão, Mercado e Renê; Gabriel, Johnny, De Pena, Mauricio e Wanderson; Alemão.

Abaixo, a reportagem relembra a cronologia da rivalidade entre os clubes:

Brasileirão 1976

No primeiro grande embate entre as equipes, Corinthians e Inter chegaram à final do Campeonato Brasileiro de 1976 em momentos diferentes: enquanto o Colorado defendia o título, o Corinthians ainda buscava sua primeira conquista nacional, sem contar o jejum de troféus que perdurava desde 1954. O placar final foi 2 a 0 para os gaúchos, mas os corintianos reclamaram bastante do tratamento recebido pela brigada gaúcha logo na chegada à Porto Alegre, da recepção no Beira-Rio, de um gol alvinegro supostamente mal anulado, além do gol do Inter, onde a bola não teria entrado.

Brasileirão 2005

Ainda disputado por 22 clubes, o Brasileirão daquele ano chegou à 40ª rodada com os dois times brigando pelo título, e num Pacaembu lotado, o empate por 1 a 1, com gols de Tévez e Rafael Sóbis, ficou em segundo plano: a grande polêmica foi a expulsão do volante Tinga pelo árbitro Márcio Rezende de Freitas, aos 28 minutos do segundo tempo. Na interpretação do juiz, Tinga simulou pênalti após entrada do goleiro Fábio Costa. Muita reclamação dos colorados e festa alvinegra, que festejou o 4º título do Timão.

Copa do Brasil 2009 e o DVD

Antes da final da Copa do Brasil de 2009, o então presidente Colorado, Fernando Carvalho, criou um dossiê contra o Corinthians, alegando que o rival chegara à final do torneio por causa de equívocos da arbitragem. "A rivalidade é sadia. Vejo o Corinthians brincar com a história do DVD. Felizmente para eles, o time venceu mais do que perdeu depois daquilo, mas a vida vai e vem, daqui a pouco muda.", declarou o ex-dirigente ao UOL Esporte em 2017.

Mercado da Bola

Yuri Alberto foi contratado por empréstimo em junho deste ano. O atual camisa 9 do Corinthians teve o Internacional como último clube no Brasil, antes de ser vendido ao Zenit-RUS, e devido a guerra na Ucrânia, retornou ao país para atuar no Timão. Na ocasião, o jornalista Fabiano Baldasso chegou a dizer que Yuri "morreu" para a torcida colorada, e que o Corinthians era mais rival que o outro time da cidade, o Grêmio.

Já a chegada de Giuliano teve um roteiro parecido com o de Yuri Alberto, pois o jogador tem passagem de sucesso pelo Inter e com alguma identificação com a torcida colorada. Diversos jornalistas e influenciadores colorados cravaram a contratação do meia pelo clube gaúcho, indicando inclusive que a camisa 7 estaria reservada para ele, mas o atleta ficou mesmo foi com a camisa 11 do Timão.

O zagueiro Bruno Mendéz foi adquirido pelo Alvinegro em 2019, mas não se firmou em sua primeira passagem, e acabou emprestado ao Internacional no primeiro semestre de 2021. Pelo Colorado, atuou em 48 partidas, marcando dois gols. Foi titular com Diego Aguirre, atuou pouco com Medina e retomou espaço na gestão Mano Menezes. No acordo de empréstimo, o Inter deveria pagar US$ 6 milhões (cerca de R$ 30,8 milhões na cotação atual) por 50% dos direitos se quisesse ficar com o uruguaio em definitivo. A diretoria alvinegra chegou a negociar uma fatia menor do jogador pela metade do preço, mas as conversas não avançaram, e Bruno voltou ao Parque São Jorge para cumprir seu contrato até o final de 2023.

Rafael Ramos x Edenílson

Inter e Corinthians se enfrentaram pelo primeiro turno do Brasileirão em 14 de maio, no Beira-Rio. O jogo ficou paralisado por alguns minutos após uma discussão entre Rafael Ramos e Edenílson, e no final o problema se tornou público: o jogador colorado diz ter ouvido o corintiano chamá-lo de "macaco" durante uma disputa de bola. Rafael Ramos chegou a ser preso em flagrante no estádio e depois liberado sob fiança. Um mês depois, a Polícia de Porto Alegre indiciou o jogador por injúria racial e enviou o inquérito ao Ministério Público, mesmo que o laudo solicitado tenha sido inconclusivo. No último dia 30, o MP apresentou a denúncia à Justiça, e há poucos dias o jogador do Corinthians virou réu em processo criminal. O caso também está no STJD, que trata da esfera esportiva, mas ainda não há data para o julgamento.

Estádio: Neo Química Arena, em São Paulo

Horário: 16h (de Brasília) deste domingo (4)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)

VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

Transmissão: Globo e Premiere