Corinthians vence o Dérbi contra o Palmeiras e abre vantagem na semifinal do Brasileirão Feminino

Timão eliminou o Palmeiras na semifinal (Foto: Rodrigo Gazzanel / Ag. Corinthians)


O Corinthians largou em vantagem na semifinal do Campeonato Brasileiro Feminino. As atuais campeãs venceram o Dérbi contra o Palmeiras, por 2 a 1, na primeira partida do mata-mata. Adriana e Jaqueline marcaram os gols corintianos na Neo Química Arena, e Camilinha descontou.

GALERIA - Quem é melhor: Flu ou Timão? Veja votação feita pelo L!

O jogo de volta entre as equipes está marcado para o dia 19 de setembro, às 14h, no Allianz Parque.

TIMÃO PRESSIONA E ABRE O PLACAR

Apesar dos diversos desfalques por lesão, o Corinthians começou a partida pressionando o Palmeiras, e abriu o placar no primeiro minuto. Adriana recebeu na ponta esquerda, cortou a marcação de Júlia Bianchi e chutou colocado. A bola encobriu Jully e entrou na gaveta.

As Brabas não tiraram o pé do acelerado e conseguiram três boas chances de ampliar a vantagem na metade do primeiro tempo. Adriana, Gabi Portilho e Tamires tiveram seus chutes defendidos pela goleira Jully.

VERDÃO EMPATA NO FINAL DO PRIMEIRO TEMPO

As Palestrinas conseguiram suportar a pressão das mandantes, e aos 40 minutos da etapa inicial, empataram a partida. Bia Zaneratto achou lindo passe para Camilinha, que saiu cara a cara

O VAR consultou um possível impedimento no lance, mas o árbitro de vídeo validou o gol.

TABELA - Timão ou Verdão? Simule o mata-mata do Brasieirão feminino

BRABAS VOLTAM COM TUDO NO SEGUNDO TEMPO

Assim como foi no primeiro tempo, o Corinthians começou a etapa final em cima, e conseguiu retomar a liderança com gol aos 2 minutos. Após escanteio, Adriana chutou cruzado, Jaqueline conseguiu desviar aproveitou na pequena área para recolocar as mandantes na frente.

A partida ficou mais equilibrada após o gol corintiano. A equipe de Arthur Elias teve chance perigosa com Adriana, mas o chute passou ao lado da trave de Jully. O Verdão respondeu com Ary Borges, que arriscou de longe, e Lelê quase se complicou para defender, mas conseguiu mandar para escanteio.

CONFUSÃO NA ETAPA FINAL

Aos 36 minutos do segundo tempo, o clima esquentou entre as comissões técnicas de Corinthians e Palmeiras, com muito empurra-empurra entre os homens. As Jogadoras tiveram que apartar a situação, e arbitragem acionou o policiamento para controlar a situação.

Após consultar o VAR, a árbitra Deborah expulsou Ricardo Belli e William Bittencourt, técnico e preparador físico do Palmeiras, respectivamente, e Edson, preparador de goleiras corintiano.

O Verdão armou uma blitz nos acréscimos, mas não conseguiu marcar o gol de empate.

CORINTHIANS 2 X 1 PALMEIRAS
CAMPEONATO BRASILEIRO - SEMIFINAL - IDA
Local:
Neo Química Arena, São Paulo (SP)
Data e hora: 27 de agosto de 2022, às 14h
Árbitra: Deborah Cecilia Cruz Correia (FIFA) [PE]
Assistentes: Fernanda Nândrea Gomes Antunes (FIFA) [MG] e Anne Kesy Gomes de Sa (FIFA) [AM]
Árbitro de vídeo: Marcio Henrique de Gois (SP)
Público/Renda: 13.314 / R$365.384,00
Gols: Adriana (1 ’1ºT) (1-0), Camilinha (40 ’1ºT) (1-1) e Jaqueline (2 ’2ºT) (2-1)
Cartões amarelos: Diany, Tamires, Arthur Elias (COR); Thaís Ferreira (PAL)
Cartões vermelhos: Ricardo Belli e William Bittencourt (PAL); Edson (COR)

CORINTHIANS
Lelê; Diany, Andressa Pereira, Yasmim e Tamires; Gabi Morais (Grazi, 31/2ºT), Gabi Zanotti (Mariza, 46/2ºT) e Tamires; Adriana, Jaqueline e Jheniffer (Bianca Gomes, 50/2ºT). Técnico: Arthur Elias

PALMEIRAS
Jully; Bruna Calderan, Agustina Barroso, Thais, Thaís Ferreira
e Katrine (Carol Baiana, 1/2ºT); Julia Bianchi, Ary Borges, Duda Santos (Sochor, 31/2ºT) e Camilinha; Andressinha (Byanca Brasil, 31/2ºT) e Bia Zaneratto. Técnico: Ricardo Belli