Corinthians pode ter Du Queiroz e mais três retornos contra o Boca

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O volante Du Queiroz treinou normalmente nesta segunda-feira (4), no CT Joaquim Grava, e deve retornar ao time do Corinthians na partida decisiva contra o Boca Juniors, às 21h30 (de Brasília) desta terça-feira (5), pela Libertadores. A partida, a ser disputada na Bombonera, é o jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. Quem vencer se classifica, e um empate leva tudo aos pênaltis, sem prorrogação.

João Victor e Rafael Ramos também devem começar jogando, e Willian é o terceiro que tem chances, ainda que poucas.

Du Queiroz deve retomar sua titularidade no meio-campo ao lado de Cantillo e Giuliano. Ele perdeu os últimos dois jogos por causa de uma contratura no músculo posterior da coxa esquerda, mas deve voltar a ser titular na terça.

Rafael Ramos tem boas chances de começar jogando no lugar de Fagner, que é dúvida por desconforto muscular; e Willian corre contra o tempo para diminuir as dores no ombro e ser usado pelo menos em alguns minutos. O camisa 10 é um dos casos que VP fez referência, mas sem citar nomes, durante entrevista coletiva no último sábado (2). "Um ou outro será [decidido] mesmo até a hora do jogo, para saber se podem ou não ir para o jogo", avisou o treinador na ocasião.

O técnico Vítor Pereira também deve ter João Victor à disposição para o que deve ser o último jogo do zagueiro com a camisa do Corinthians, pois ele tem transferência acertada para o Benfica (POR). O jogador desfalcou o time contra o Fluminense por causa de um trauma no tornozelo direito.

Quanto aos demais lesionados, a tendência é que sejam cortados do jogo mais importante do Corinthians no ano, até aqui. Gil e Renato Augusto fazem transição após contusões musculares; Maycon (muscular) e Gustavo Mosquito (tendinite) seguem no departamento médico; e Paulinho só voltará em 2023 após lesão ligamentar no joelho esquerdo. Adson testou positivo para Covid-19 e também é desfalque.

Assim, um provável Corinthians tem: Cássio, Rafael Ramos, João Victor, Raul Gustavo e Fábio Santos; Du Queiroz, Cantillo, Lucas Piton e Giuliano; Gustavo Mantuan e Róger Guedes.

CÁSSIO CONFIANTE

Dez anos após ser campeão da Libertadores sobre o Boca Juniors, o goleiro Cássio reencontra o adversário argentino em mais uma decisão. Mesmo com desfalques importantes e tendo que vencer na Argentina, o ídolo do Corinthians mostra confiança na classificação às quartas de final.

"Nunca tivemos dúvidas de onde podemos chegar, que podemos classificar. Estamos preparados, trabalhamos e tentamos ajustar algumas situações. É positivo. Felizmente alguns jogadores conseguiram se recuperar e vão poder viajar com a gente; quem não vai tentou estar com a equipe até o último minuto. Estamos preparados. É uma decisão, jogo grande. Em mata-mata, não tem muito o que escolher ou falar, é ir para a batalha", resumiu o goleiro em declaração divulgada nesta segunda pelo clube nas redes sociais.

O goleiro está no Corinthians há uma década e, com 598 jogos pelo clube, está a apenas um de se tornar o quarto jogador da história que mais vezes vestiu a camisa alvinegra. Ele deve ultrapassar Zé Maria na Bombonera e também está próximo de Ronaldo Giovanelli (602) e Luizinho, o Pequeno Polegar (606). Em dia de decisão, porém, Cássio tem a mesma ansiedade de dez anos atrás.

"A gente vem amadurecendo, evoluindo. Isso faz parte da rotina do jogador, mas quando eu perder isso, está na hora de encerrar o ciclo. Não tem essa [diferença] de jogar um jogo na Bombonera para jogar um do Paulista: a dedicação e o empenho têm que ser iguais", explica o goleiro.

Cássio tem tudo para ser titular do Corinthians contra o Boca Juniors.

Estádio: La Bombonera, em Buenos Aires (Argentina)

Horário: 21h30 (de Brasília) desta terça-feira (5)

Árbitro: Andrés Matonte (URU)

VAR: Leodan González (URU)

Transmissão: SBT

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos