Corinthians põe à prova dominância no futebol feminino em duelo histórico contra o Internacional

Equipes do Timão e Inter (Foto: Rodrigo Gazzanel / Agência Corinthians; Divulgação / Internacional)


A bola só irá rolar às 11h deste domingo (18) para Internacional e Corinthians, mas a final do Brasileirão Feminino tem tudo para ser histórica. De um lado, as Gurias Coloradas disputam sua primeira decisão no campeonato nacional, enquanto as Brabas são as atuais bicampeãs do torneio.

+ Adson entra bem, e Renato Augusto conduz Corinthians à final da Copa do

O público abraçou de vez o futebol feminino, haja visto que o Inter anunciou mais de 40 mil ingressos vendidos no Beira-Rio. Dessa forma, a primeira partida da final baterá o recorde de maior público em um jogo feminino no país.

Quem ostentava o recorde era o próprio Corinthians, quando colocou 30.077 pessoas na final do Paulistão de 2021, contra o São Paulo.

Contudo, a expectativa é que a torcida corintiana responda à altura no próximo sábado (24), onde as equipes irão fazer o derradeiro duelo na Neo Química Arena. A campanha #InvasaoPorElas, com o intuito de encher a Arena, bombou nas redes sociais, sendo inclusive apoiada por jogadores do elenco masculino e do próprio clube.

+ Confira a tabela do Brasileirão Feminino e simule os últimos jogos

RETROSPECTO E CAMINHO ATÉ A FINAL

Corinthians e Internacional se enfrentaram quatro vezes na história do Brasileirão Feminino, e as Brabas jamais foram derrotadas. São 3 vitórias corintianas e um empate, e os placares costumam ser elásticos.

Nos três primeiros encontros, o Timão venceu o Inter por 13 a 0 no placar agregado.

Para chegar à final, a equipe treinada por Maurício Salgado eliminou o Flamengo e São Paulo, respectivamente. Já as comandadas de Arthur Elias deixaram para trás o Real Brasília-DF e Palmeiras.