Corinthians não terá folga em semana livre até jogo contra o Internacional

Vítor durante treino do Timão no CT Joaquim Grava (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)


Após dois meses e 26 dias, o Corinthians volta a ter uma semana livre para trabalhar. Mas isso não significa que o elenco terá folga neste período, muito pelo contrário. A ideia do técnico Vítor Pereira é colocar a turma para trabalhar, já que a equipe terá pela frente um duelo muito importante neste fim de semana, contra o Internacional, pelo Brasileirão.

+ Cavani acerta com o Valencia: veja 20 bons jogadores que ainda estão sem clube

Após vencer o Red Bull Bragantino por 1 a 0, na noite de segunda, o grupo realizou atividade regenerativo nesta terça-feira e, a partir desta quarta até sábado, véspera do duelo contra o Inter, treina diariamente no período da tarde no CT Joaquim Grava.

+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

Neste momento, Timão e Colorado possuem o mesmo número de pontos, mas o Alvinegro fecha o G4 do Brasileirão por ter uma vitória a mais que os gaúchos. Fora das semifinais da Libertadores, o Timão entrará em campo apenas uma vez nas duas próximas semanas.

A última vez que isso aconteceu foi entre os dias 30 de maio e 3 de junho, quando as equipes do Brasil tiveram um espaço entre as rodadas 8 e 9 do Campeonato Brasileiro - o Corinthians encara América-MG e Atlético-GO neste intervalo. Tempo para treinar é tudo aquilo que o técnico Vítor Pereira mais reclamou a ausência desde que chegou ao Time do Povo, há seis meses, e o que o profissional menos teve.

Antes deste período entre os duelos contra Coelho e Dragão, o português só contou com dois jogos com intervalos de uma semana entre eles: em meio à derrota contra o São Paulo e a vitória diante da Ponte Preta, nos dois primeiros duelos de VP comandando o Corinthians, e após a eliminação na semifinal do Campeonato Paulista, quando o clube alvinegro teve nove dias até o compromisso seguinte, contra o Always Ready, da Bolívia, pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores.