Corinthians não estuda plano B em caso de saída de Vítor Pereira

VP,  durante a sua chegada ao Timão, conversando com Duílio e Alessandro (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)


O Corinthians não trabalha com possibilidades de nomes para assumir o comando do clube em 2023, a não ser Vítor Pereira.

+ Manto do Corinthians: veja os modelos finalistas para quarta camisa do Timão em 2023

É claro que, em meio a incerteza da permanência do treinador na próxima temporada, o Timão já recebeu sugestões e indicações para substitutos do português, mas se baseia na confiança com VP para não tomar decisões neste primeiro momento.

E confiar, no momento, possui dois sentidos: expectativa de convencer o treinador a renovar; e prezar pelo bom relacionamento entre as partes.

Conforme antecipado pelo LANCE!, a diretoria corintiana tem algumas ‘cartas na manga’ para tentar manter Vítor Pereira no clube ano que vem. E essa postura tem muito a ver com a boa relação que o ‘professor’ tem com os homens fortes do futebol corintiano, em especial o presidente Duílio Monteiro Alves.

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro e simule os jogos do Timão

Ainda assim, a cúpula alvinegra entende que as questões familiares pesarão para a decisão de Vítor e isso foge de qualquer alçada para o Time do Povo. A única alternativa seria convencer a família de Pereira a vir ao Brasil, mas o próprio treinador já explicou a impossibilidade disso, já que a sua sogra possui uma doença que não permite o deslocamento da Europa para a América do Sul.

O Corinthians não espera ter cenas da novela VP nas próximas semanas, pois tem pela frente, na quinta-feira que vem (15), o duelo de volta da semifinal da Copa do Brasil, contra o Fluminense, na Neo Química Arena.

Em caso de classificação, a tendência é que a resposta seja segurada até a decisão do torneio, que tem jogo de volta previsto para o dia 19 de outubro.

Já se o Timão for eliminado, é possível que Vítor Pereira antecipe a sua decisão e comunique à diretoria alguns dias depois. No entanto, a permanência, ou não, só deve ser divulgada após o fim do Campeonato Brasileiro, que acontecerá no dia 13 de novembro.