Corinthians elimina o Fluminense e encara o Flamengo na final da Copa do Brasil

SÃO PAULO, SP, 15.09.2022 – CORINTHIANS-FLUMINENSE: Partida entre Corinthians e Fluminense, válida pela semifinal da Copa do Brasil 2022, na Neo Química Arena, em Itaquera na zona leste de São Paulo, nesta quinta-feira. (Foto: Victor Monteiro/W9 PRESS/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 15.09.2022 – CORINTHIANS-FLUMINENSE: Partida entre Corinthians e Fluminense, válida pela semifinal da Copa do Brasil 2022, na Neo Química Arena, em Itaquera na zona leste de São Paulo, nesta quinta-feira. (Foto: Victor Monteiro/W9 PRESS/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com um gol de Renato Augusto, o Corinthians está de volta à final da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira, o time alvinegro venceu o Fluminense por 3 a 0 e terá a chance de brigar pelo seu quarto título do torneio. Na final, o adversário dos paulistas será outro carioca, o Flamengo, que eliminou o São Paulo.

Campeão em 1995, 2002 e 2009, além de ter três vices (2001, 2008 e 2018), a equipe corintiana colheu os frutos de ter consigo reagir no primeiro confronto, quando esteve duas vezes atrás no placar.

No jogo de ida, as duas equipes empataram no Maracanã por 2 a 2. Na ocasião, o time alvinegro precisou reagir após sofrer dois gols relâmpagos, no começo de cada tempo, anotados por Ganso e Arias. A equipe paulista buscou o empate com Renato Augusto e Róger Guedes.

Em Itaquera, a estrela de Renato voltou a brilhar. Com um chute de fora da área, ele abriu o caminho para a vitória alvinegra, aos 34 do primeiro tempo. O placar refletia o domínio dos donos da casa na etapa inicial.

Depois do intervalo, o Fluminense até voltou mais ligado, teve chances de empatar, mas além de não conseguir balançar a rede de Cássio, ainda viu Giuliano ampliar aos 46 minutos e Felipe Melo, com um gol contra, fechar a contra aos 49.

Na quarta-feira (14), o Flamengo confirmou seu favoritismo diante do São Paulo e se tornou o primeiro a garantir uma vaga na decisão. Depois de vencer o jogo de ida no Morumbi, por 3 a 1, ganhou também no Maracanã, por 1 a 0 —Arrascaeta definiu o placar no Rio de Janeiro.

Vale lembrar que Corinthians e Flamengo tiveram um confronto recente, nas quartas de final da Libertadores, quando o time carioca eliminou os paulistas.

Além da disputa pelo título do mata-mata nacional, a equipe rubro-negra terá a final da Copa Libertadores com o Athletico Paranaense. A disputa pelo troféu será em jogo único, no dia 29 de outubro, no Equador.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Gil, Balbuena e Fábio Santos; Du Queiroz (Xavier), Fausto Vera e Renato Augusto (Giuliano); Gustavo Mosquito (Adson); Yuri Alberto (Piton) e Róger Guedes (Mateus Vital). Técnico: Vítor Pereira

FLUMINENSE

Fábio; Samuel Xavier (Michel Araújo), Nino, Manoel (Felipe Melo) e Caio Paulista (Marrony); Wellington (Nathan), Martinelli e Ganso; Matheus Martins (Willian), Cano e Arias. Técnico: Fernando Diniz

Estádio: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/ RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa/ RS) e Guilherme Dias Camilo (Fifa/ MG)

VAR: Rodrigo D Alonso Ferreira (SC)

Cartões amarelos: Nathan (FLU)

Gol: Renato Augusto (COR), aos 33'/1ºT; Giuliano (COR), aos 45', e Felipe Melo (FLU), contra, aos 47'/2ºT