Corinthians e Fla chegam à decisão das quartas da Libertadores em climas diferentes

*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP - 02.08.2022 - Partida entre Corinthians x Flamengo válida pela quartas-de-finais da Copa Libertadores 2022 em jogo realizadona Neo Química Arena, em São Paulo. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP - 02.08.2022 - Partida entre Corinthians x Flamengo válida pela quartas-de-finais da Copa Libertadores 2022 em jogo realizadona Neo Química Arena, em São Paulo. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Passaram-se seis dias, uma rodada do Campeonato Brasileiro e muitas situações dentro e fora de campo. Após o duelo de ida na Neo Química Arena vencido pelo Flamengo por 2 a 0, o clube rubro-negro e o Corinthians chegam em ambientes diferentes à decisão desta terça-feira (9) pelas quartas de final da Copa Libertadores . Os cariocas estão embalados e carregam o favoritismo, já os paulistas vivem um momento de pressão.

Após a imponente vitória na capital paulista, a euforia tomou conta da já tradicionalmente confiante torcida do Flamengo. Empolgados com o atual desempenho do elenco comandado por Dorival Júnior, os torcedores demonstraram otimismo na classificação nas redes sociais.

Internamente, porém, o discurso foi de pés no chão entre diretoria, comissão técnica e jogadores.

"Temos que ter consciência que se bobearmos, nós corremos um risco muito grande. Agora é natural que com o que a equipe jogou, todos já dirão 'a situação está resolvida', mas nós diremos que não. Nós que estamos no meio, sabemos que o céu e o inferno no futebol têm só um palmo de distância, não mais do que isso", disse o técnico Dorival Júnior, após a vitória no jogo de ida.

A quarta e a quinta-feira do Flamengo após a vitória por 2 a 0 foram de muita bajulação de imprensa, torcedores e até de rivais sobre o nível do elenco rubro-negro e o grande favoritismo que o time carrega para o jogo de volta.

Paralelamente, os bastidores de mercado ficaram bastante agitados com a possibilidade de Oscar obter a liberação do Shanghai Port, da China, para atuar por empréstimo pelo Fla até o fim da temporada.

"Vamos esperar o Oscar até o último dia que possamos inscrevê-lo no Brasileiro. É de interesse [tê-lo mesmo que somente até dezembro], mas isso não quer dizer que o negócio será efetuado. Ainda não tem nada certo. Até acho que não vai ter problema nenhum. Vale também muito a vontade do jogador, mas ainda não tem absolutamente nada e tem que respeitar o time chinês", disse o vice de futebol Marcos Braz.

Ao mesmo tempo, o clube apresentou oficialmente na quinta-feira (4) o volante chileno Erick Pulgar, de 28 anos, que estava na Fiorentina (ITA).

CORINTHIANS

O Corinthians, por outro lado, viveu dias de introspecção, remoendo os maus resultados nos mata-matas. A derrota para o Flamengo foi um baque, e não à toa Vítor Pereira chegou até a dizer que a equipe "se quebrou mentalmente" e "se perdeu" em campo depois do segundo gol rubro-negro. "Estou um pouquinho em choque de realidade", admitiu o técnico ainda na terça-feira.

A situação delicada nas Copas fez emergir no Corinthians um desconforto, em parte dos jogadores, com alguns pontos do trabalho de Vítor Pereira: o treino da véspera dos jogos, a escalação anunciada apenas horas antes de cada partida e a sinceridade brutal das entrevistas criaram incômodo em alguns atletas.

Os últimos dias ainda foram marcados pelo empréstimo de Luan ao Santos e também por uma denúncia no STJD. Um auditor do tribunal vê "indícios fortes" de "ofensas de cunho racial" por parte do lateral Rafael Ramos a Edenílson em um Inter x Corinthians há três meses.

A entrada dura de Thiago Maia que tirou Maycon do jogo de ida, ainda aos 18 minutos, deve custar algumas semanas de recuperação ao corintiano. Os exames diagnosticaram uma fratura em um dedo do pé direito do volante.

Por outro lado, Renato Augusto deve jogar. Ele já esteve à disposição de VP no último sábado (6), jogou 24 minutos contra o Avaí e deve ser utilizado de novo no Maracanã. A situação de Willian já não é tão clara, e sua presença ainda depende de mais testes até o jogo.

Antes de focar totalmente na decisão desta terça, Flamengo e Corinthians tiveram compromissos no fim de semana pelo Campeonato Brasileiro. O clube rubro-negro, mesmo com um time de reservas, venceu o São Paulo em pleno Morumbi por 2 a 0, demonstrando a força de seu elenco e encostando no topo da tabela.

Já os corintianos visitaram o Avaí em Florianópolis e ficaram no empate em 1 a 1. O técnico Vitor Pereira escalou um time misto, também já de olho no duelo com os flamenguistas.

Nesta terça, um provável Flamengo tem: Santos; Rodinei, Léo Pereira, David Luiz e Filipe Luis; Thiago Maia, João Gomes, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Pedro e Gabigol.

Já o Corinthians deve ir a campo com: Cássio; Fagner, Gil, Balbuena e Fábio Santos; Du Queiroz, Fausto Vera e Renato Augusto; Willian (Adson), Roger Guedes e Yuri Alberto.

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Horário: 21h30 (de Brasília) desta terça (9)

Árbitro: Esteban Ostojich (URU)

Transmissão: SBT e Conmebol TV