Corinthians confirma retorno de atletas que estavam emprestados; saiba quem são

Mateus Vital é um dos emprestados que voltam ao Timão (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)


O trio Ramiro, Mateus Vital e Léo Natel treinou nas dependências do Corinthians neste sábado (9).

+ Veja chegadas e saída do Corinthians no mercado

Os atletas estavam emprestados a outros clubes, fora do Brasil, não tiveram a compra exercida e retornam ao Timão, após um período de férias, em junho.

Ramiro estava no Al-Wasl desde agosto do ano passado. Na equipe dos Emirados Árabes, o atleta marcou dois gols, um deles na estreia dele, e deu seis assistências, em 34 partidas.

Com o meia, a equipe árabe ficou somente na sexta colocação no campeonato nacional, foi vice-campeão da Taça da Liga dos Emirados Árabes e chegou até a semifinal da Copa do Presidente, competição continental.

+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

O Al-Wasl não exerceu a opção de compra de 4 milhões de dólares (R$ 21 mi, na cotação atual).

Já Vital, fez 40 partidas pelo Panathinaikos, da Grécia, mas 16, menos da metade, como titular. Para piorar, a maioria das vezes que começou jogando foi em partidas no início da passagem dele pelo clube grego. No fim da passagem, Mateus acumulou jogos em que atuava menos de 30 minutos, além de situações em que não saiu do banco de reservas.

No total, o meia-atacante marcou três gols e deu uma assistência no período. Sendo que dois desses tentos foram marcados na mesma partida, uma vitória por 4 a 0 sobre o Anagennisi Karditsa, pelas quartas de final da Taça da Liga da Grécia.

O Panathinakos, com Mateus Vital, foi campeão da Taça da Liga, mas ficou somente na quarta colocação do Campeonato Grego.

Ainda assim, time europeu não exerceu a opção de compra de 4 milhões de euros (R$ 21,4 mi, na cotação atual) por 50% dos direitos econômicos pelo atleta.

Já Léo Natel foi o que mais esteve perto de ser adquirido. O jogador foi emprestado ao Apoel, do Chipre, onde passou pela segunda vez – a primeira, também por empréstimo, havia sido entre 2018 e 2019, quando o atacante ainda pertencia ao São Paulo.

Querido na equipe, o atleta marcou seis gols em 29 jogos, mas não ficou no time cipriota por dois motivos: a queda do euro, e a temporada ruim do Apoel, que ficou somente na terceira colocação do campeonato nacional e foi eliminado nas quartas de final na copa local.

A opção de compra do atacante era de 2,5 milhões de euros (R$ 13,3 mi, na cotação atual) por 50% dos direitos. Na negociação pela compra, o Timão sinalizou que aceitaria até 1,5 milhão de euros (R$ 8 mi, na cotação atual) pelo jogador. Mas, por fim, a equipe do Chipre não exerceu a compra.

Os três jogadores serão avaliados pela comissão técnica do treinador Vítor Pereira nos próximos dias, para saber se podem agregar o elenco do Timão no restante da temporada.

Enquanto isso, o departamento de futebol corintiano seguirá aberto para escutar possíveis interessados no trio de jogadores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos