Corinthians aguarda Internacional para vender Bruno Méndez, mas vê negociação próxima

(Foto: Divulgação/Internacional)


O Corinthians está perto de negociar em definitivo o zagueiro Bruno Méndez com o Internacional. O defensor uruguaio está emprestado ao Colorado até o fim deste mês, e o clube gaúcho deseja a permanência do atleta.

+ GALERIA - Relembre 10 momentos marcantes de Jô no Corinthians

Quando acertou o empréstimo, o Timão fixou a opção de compra em 6 milhões de dólares (R$ mi, na cotação atual) por 50% dos direitos econômicos do jogador - o clube alvinegro permaneceria com 20%, já que detém 70% e os outros 30% pertencem ao Montevideo Wanderers, do Uruguai.

No entanto, segundo informações obtidas pelo LANCE!, o Timão admite reduzir fixado para concluir a venda, mas também repassaria um percentual menor do que 50% para o Inter, que ficaria com a integralidade dos direitos federativos.

+ TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Brasileirão

O Colorado já fez duas propostas ao Timão, mas que foram consideradas baixas pelo clube alvinegro, tanto em relação ao valor ofercido, quanto nas condições de pgamento, que teriam mais prestações do que o time do Parque São Jorge deseja receber.

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira (11), o gerente de futebol corintiano Alessandro Nunes admitiu que está perto de firmar a venda de Bruno Méndez ao Internacional, mas que o desfecho depende da equipe gaúcha.

- O Inter quer o jogador, tá muito próximo tá muito de chegar a chegar nesse número (financeiro que o Corinthians espera). Tá por uma decisão do Inter. Se o Inter tem vontade de ter o Bruno em definitivo. A gente tem opção de compra, e se for menor e decidir por ela, o Mendez segue a vida dele - disse Alessandro.

Bruno Méndez já fez seis partidas pelo Campeonato Brasileiro, e se atuar pela sétima não poderá mais entrar em campo por clube algum da Série A.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos