Convocado por Tite, Pedro tem a maior média de gols entre os artilheiros do Brasil no ano

Armando Paiva / Lancepress!


Um ano, nove meses e 27 dias. Esse é o tempo que Pedro não veste a camisa da Seleção Brasileira. Sua única atuação até então foi no duelo com a Venezuela, em novembro de 2020, pelas Eliminatórias. Algo que deverá voltar a acontecer no fim do mês, quando a equipe do técnico Tite enfrentará Gana e Tunísia, nos últimos amistosos antes da Copa do Mundo. O atacante do Flamengo foi uma das novidades do treinador na convocação feita nesta sexta-feira.

> GALERIA: Pedro dentro, Gabigol e Jesus fora… Convocação da Seleção Brasileira rende memes na web

O bom momento de Pedro justifica sua presença na lista. Artilheiro da Libertadores com 12 gols, o centroavante soma 24 bolas na rede em toda a temporada, mesmo tendo iniciado no banco de reservas na maior parte dos confrontos. Dos 51 jogos que disputou, em 26 entrou no decorrer da partida. O que torna seus números ainda mais impressionantes.

Entre os jogadores que disputam a Série A, apenas Germán Cano, do Fluminense, com 31 gols, e Hulk, do Atlético Mineiro, com 26, marcaram mais vezes do que Pedro. O rubro-negro, porém, tem uma média superior a dos artilheiros rivais. O camisa 21 tem precisado de apenas 107 minutos em campo para marcar, enquanto que o argentino necessita de 138, três a mais que o atleticano.

Gabriel Barbosa, seu companheiro de Flamengo e que também briga por uma das vagas no ataque da Seleção, anotou os mesmo 24 tentos que Pedro, no entanto, tem uma média de um gol a cada 171 minutos de atuação. Aproveitamento parecido com os de Raphael Veiga e Rony, ambos do Palmeiras.

MÉDIA DE GOLS POR MINUTO EM CAMPO EM 2022
- Números dos principais artilheiros do Brasil

1º - Pedro - Flamengo - 1 gol a cada 107 minutos
2º - Hulk - Atlético-MG - 1 gol a cada 135 minutos
3º - Cano - Fluminense - 1 gol a cada 138 minutos
4º - Pedro Raul - Goiás - 1 gol a cada 151 minutos
5º - Raphael Veiga - Palmeiras - 1 gol a cada 170 minutos
6º - Gabigol - Flamengo - 1 gol a cada 171 minutos
7º - Rony - Palmeiras - 1 gol a cada 180 minutos
8º - Calleri - São Paulo - 1 gol a cada 198 minutos