Convocado para amistosos, Renan Lodi ganha nova chance na Seleção após corte por falta de vacinação

Renan Lodi ganha nova oportunidade com a camisa da Seleção Brasileira (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)


Por conta da lesão de Alex Sandro, o lateral-esquerdo Renan Lodi ganhou uma nova chance para defender a Seleção Brasileira. Ele foi convocado para os amistosos das próximas semanas contra Gana e Tunísia. Em janeiro, na convocação para os confrontos contra Equador e Paraguai para as Eliminatórias da Copa do Mundo, o atleta ficou de fora da lista por não ter um esquema de vacinação completa contra a Covid-19.

>>> Neymar tem força reduzida no FIFA 23: veja o overall do atacante no game ao longo do tempo

Na época, o jogador revelado pelo Athletico-PR defendia o Atlético de Madrid. Um pouco antes dos dois jogos, o lateral havia disputado a Supercopa da Espanha na Arábia Saudita, que apenas recebia a presença de pessoas vacinadas, o que causou um mal entendido.

> Veja a tabela da Copa do Mundo

Mais tarde, a notícia de que Renan Lodi só havia tomado uma dose da vacina se espalhou. E um dia após a vitória da Seleção Brasileira sobre o Paraguai por 4 a 0, o brasileiro recebeu a segunda dose da imunização.

Na atual temporada, o atleta não vinha sendo aproveitado por Diego Simeone no Atlético de Madrid e deixou o clube na janela de transferências para assinar com o Nottingham Forest. Lá, já disputou dois jogos como titular.

Antes da lesão de Alex Sandro, Tite já havia perdido a opção de selecionar Guilherme Arana, lateral-esquerdo do Atlético-MG. Em confronto contra o RB Bragantino, o jogador do Galo sofreu uma entrada dura e torceu os ligamentos do joelho. Dessa forma, está fora da sequência da temporada e consequentemente da Copa do Mundo.