Contra o Brusque, Vasco tem nova atuação ruim e chega à sexta derrota seguida fora de casa

Vasco sofreu contra o Brusque, neste sábado (Foto: Daniel RAMALHO/VASCO)


Mais um jogo fora de casa. Mais uma atuação ruim. Mais uma derrota. A sexta seguida. Desta vez, o Vasco perdeu para o Brusque, neste sábado, por 1 a 0. Com o resultado, a equipe segue em quarto lugar, com 45 pontos - o Londrina, quinto colocado, joga ainda esta noite e pode chegar a 44. O time catarinense chegou a 31 e respirou na luta contra o rebaixamento.

+ Veja 20 jogadores que atuam na China e caberiam no Brasil

GOL
Um pênalti que precisou ser avaliado pelo VAR e, só depois, confirmado, resultou na primeira chance perigosa do jogo. Gabriel Taliari cobrou, Thiago Rodrigues defendeu com as pernas, mas, no rebote, o próprio cobrador da penalidade guardou aos 24, quase 25 minutos. O Vasco não conseguia se encontrar: eram 30 minutos quando um rápido contra-ataque deixou Álvaro em boa condição para finalizar da entrada da área. O goleiro cruz-maltino interveio mais uma vez.

MUITO POUCO DE VASCO
A primeira real finalização do Vasco foi aos 35 minutos, quando Andrey chutou de fora da área, mas não houve perigo. Com 39, o time visitante desarmou na saída de bola e Marlon Gomes recebeu pela direita. O meia-atacante driblou um marcador, mas o goleiro impediu a chegada da bola no centroavante. O último lance de perigo da primeira etapa foi novamente do Brusque: Alex Sandro, aos 49 minutos, chutou forte, mas por cima do gol.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

GOL DO VASCO? NÃO!
No início do segundo tempo, Fernandinho recebeu de Álvaro tentou deslocar Thiago Rodrigues. O segundo gol mandante foi, na verdade, por cima. Aos nove minutos, Alex Teixeira dominou na área e chutou para empatar, mas o VAR observou mão do meia-atacante cruz-maltino.

GOL DO VASCO? DE NOVO NÃO
O Vasco mexia, mas não conseguia se encontrar ofensivamente. Foi só aos 40 minutos que Fábio Gomes teve a primeira chance pelo alto. Aos 43, Alex Teixeira completou para o gol e fez mais um gol. Só que ele estava impedido. No minuto anterior, Figueiredo chutou forte e o goleiro do Brusque mandou para escanteio. Nos últimos minutos, foi o Brusque o time mais perigoso: um chute de Wallace, aos 49. Mas o placar não foi alterado. O time catarinense respirou na luta contra o rebaixamento e os cariocas viram a distância para o quinto colocado poder cair para um ponto.

FICHA TÉCNICA
BRUSQUE 1 X 0 VASCO


Data e hora: 3/9/2022, às 16h30
Local: Augusto Bauer, Brusque (SC)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (FIFA-GO) e Bruno Boschilia (FIFA-PR)
VAR: Adriano Milczvski (PR)
Público pagante:
Público presente: 4.897 pessoas
Renda: -

Cartões Amarelos: Bruno Aguiar (BRU); Emílio Faro, Quintero, Anderson Conceição (VAS)
Cartões Vermelhos: não houve

Gols: Gabriel Taliari (24'/1º T 1-0)

BRUSQUE: Belliato, Éverton Alemão, Ianson, Wallace e Alex Ruan (Angelo, 26'/2ºT); Rodolfo Potiguar, Wagner Balotelli, Álvaro (Matheus Trindade, 26'/2ºT) e Gabriel Taliari (Luiz Antonio, 15'/2ºT); Alex Sandro e Fernandinho (Jailson, 21'/2ºT) - Técnico: Gilson Kleina.

VASCO: Thiago Rodrigues, Matheus Ribeiro (Danilo Boza, 20'/2ºT), Quintero (Bruno Tubarão, 36'/2ºT), Anderson Conceição e Edimar (Paulo Victor, 20'/2ºT); Yuri Lara (Palacios, 31'/2ºT), Andrey e Alex Teixeira; Marlon Gomes (Figueiredo, 31'/2ºT), Fábio Gomes e Eguinaldo - Técnico: Emílio Faro.