Conheça a história da torcedora que se divide entre Athletico e Coritiba

Eternos rivais tem espaço especial no coração da pequena Valentina (Felipe Dalke/Coritiba)


Rivalidades históricas como a existente entre Athletico e Coritiba tornam uma missão bastante complexa imaginar que a mesma pessoa seja capaz de alimentar carinho idêntico pelas duas agremiações. Porém, é exatamente essa situação que vive a pequena Valentina, de apenas 11 anos de idade.

Veja como se tornar um criador de conteúdo do L! na Copa do Mundo

Além de acompanhar constantemente as partidas de duas das principais equipes do estado e possuir diversas camisas e itens da dupla, a torcedora mirim também é sócia de ambos, demonstrando que não existe diferenciação em seu "amor inclusivo".

Em entrevista dada para o 'Globo Esporte' do Paraná, Valentina admitiu que o Coxa foi seu primeiro amor por influência do pai, Lorivaldo. Todavia, a ação do irmão, Eduardo, acabou sendo determinante para que metade do coração da pequena torcedora começasse a bater mais forte pelo Furacão.

Diante do contexto bastante incomum que se encontra, ela garantiu que não sentiu, até o momento, qualquer tipo de "pressão" por parte de nenhum dos lados para que os 50% de torcida se tornassem 100% alviverde ou rubro-negro:

- Eu nasci torcendo pelo Coritiba. Aí, meu irmão foi levando nos jogos do Athletico, fui gostando e ficou meio a meio. Ainda não chegou essa hora de escolher. Todo mundo sempre me deu liberdade. Meu coração é 50% de cada.

Além dos clubes, Valentina também garantiu que sua paixão pelo esporte a motiva no intuito de se tornar jogadora profissional onde a inspiração é muito clara: Marta.

- O futebol é minha paixão única, minha vida, não tem o que explicar. Eu quero ser jogadora. Tenho como referência a Marta, ela é muito boa - assegurou.

Tanto Athletico como Coritiba possuem seus próximos compromissos pelo Campeonato Brasileiro. Enquanto o Furacão atua na noite desta terça-feira (27) onde visita o Santos, na Vila Belmiro, às 21h (de Brasília), o Coxa atuará no Couto Pereira, frente ao Ceará, na quarta. O embate em questão está marcado para às 19h.