Confronto entre torcedores de Nice e Colônia deixam 18 feridos

Os confrontos entre torcedores do Nice da França e do Colônia da Alemanha no estádio Allianz Riviera da cidade francesa nesta quinta-feira, antes do jogo entre as duas equipes pela Liga Conferência, deixaram 18 pessoas feridas, uma delas em estado grave.

Centenas de torcedores do Colônia com o rosto encapuzado, entre os mais de 8 mil que estavam no setor destinado aos visitantes, invadiram outras partes das arquibancadas para confrontar os torcedores locais.

As autoridades francesas confirmaram que foram os torcedores alemães que iniciaram as agressões.

As cenas nas arquibancadas eram de uma batalha campal, com agressões usando cadeiras e barras de ferro arrancadas do estádio.

Um torcedor do Colônia foi hospitalizado com "urgência absoluta" após sofrer uma queda de mais de cinco metros da parte superior à inferior da arquibancada. Ele está em estado grave.

"O acidente aconteceu durante os distúrbios no estádio", disse à AFP Benoite Huber, diretor do gabinete da prefeitura dos Alpes Marítimos, no sul da França.

- Um torcedor do PSG -

"Muito bêbado", este homem era na verdade um torcedor do Paris Saint-Germain, informou a prefeitura à AFP.

Esta informação confirma as declarações de várias fontes sobre a presença nas arquibancadas do Colônia de torcedores do PSG, usando as cores da equipe alemã.

O jogo começou oficialmente às 14h40 (horário de Brasília), uma hora depois do previsto inicialmente.

Após um anúncio em alemão pedindo que os torcedores do Colônia se acalmassem, o capitão do Nice, o brasileiro Dante, pegou o microfone e falou com seus torcedores: "Conto com vocês para poder jogar este jogo, também com seu apoio".

A ministra de Esportes da França, Amélie Oudéa-Castéra, declarou que "nosso esporte foi manchado".

"Estou cansada, realmente cansada de ver nosso esporte sendo manchado desta forma. Já não podemos dizer que vamos ao estádio com as crianças de maneira serena e segura", lamentou Amélie.

cb-nt/jp/pm/dam/cb