Com time jovem, Coimbra mostra força e avança no Campeonato Mineiro da terceira divisão

O Coimbra vem fazendo boa campanha na segundona, que é a terceirona, do Estadual de Minas-(Henrique Chendes/Coimbra)


Com o objetivo de dar minutagem aos jovens atletas revelados no CT Flávio Guimarães, o Coimbra entrou com o seu time B para a disputa do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão e fez bonito até então.

Com o término da primeira fase da competição no último sábado, (17/09), a equipe, que tem média de idade de apenas 20 anos, ficou com a sétima melhor campanha e se classificou para as oitavas de final onde vai enfrentar o tradicional Mamoré, de Patos de Minas. As partidas vão acontecer nos dias 24 e 30 de setembro. Por ter melhor campanha, o Coimbra joga o segundo confronto em Contagem.

Comandado pela comissão técnica fixa do time profissional, o Coimbra B teve um aproveitamento de 62% na primeira fase. Em sete jogos, venceu quatro, empatou um e perdeu apenas dois.

O ataque é o melhor da competição ao lado do Novo Esporte, de Ipatinga, com 13 gols. Com três gols marcados, o centroavante Zanini é o vice-artilheiro da competição.

Outro goleador em destaque do Grande Time de Contagem é o meia Dodô, que anotou dois gols, sendo um dele uma obra prima digna de placa no estádio.

Na partida contra o Paracatu, fora de casa, o meia acertou um chute de antes do meio de campo e surpreendeu o goleiro adversário. “Agradecer primeiramente à Deus e também ao Coimbra pela oportunidade de mostrar o meu futebol. Agradeço muito também ao treinador Cícero que tem me colocado para jogar. Estava vendo o goleiro sempre adiantado e fui feliz no chute”, afirmou Dodô, de 21 anos.

O regulamento do Estadual da Segunda Divisão permite que as equipes inscrevam apenas cinco atletas com mais de 23 anos. O Coimbra B não usou desta possibilidade e disputou a primeira fase com uma equipe Sub-23. Dos 25 atletas utilizados, apenas quatro têm mais de 21 anos e cinco têm apenas 18 anos.

Para o técnico Cícero Júnior, o Coimbra acerta em dar oportunidade aos jovens atletas, que podem no futuro compor a própria equipe principal ou atuarem em clubes parceiros da Águia Metropolitana no exterior.

-O Coimbra Sports tem um objetivo claro que é revelar jogadores para o mercado. Além de técnico do profissional, também sou coordenador técnico da categoria Sub-20 e trabalhamos de forma integrada. Estamos fazendo ótimas campanhas tanto no Estadual de juniores como na Segunda Divisão com o Sub-23. Isso é fruto do trabalho sério de todos, atletas e colaboradores. Um trabalho de médio a longo prazo, que começou no Clube já há alguns anos- pondera.