Com recorde de público, Inter e Corinthians empatam na final do Brasileiro feminino

PORTO ALEGRE, RS, 18.09.2022 - BRASILEIRO FEMININO-INTER-CORINTHIANS - Yasmin, do Corinthians, durante a partida contra o Internacional, válida pelo confronto de ida da final do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino 2022, realizada no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), na manhã deste domingo (18). (Foto: Maxi Franzoi/Agif/Folhapress)
PORTO ALEGRE, RS, 18.09.2022 - BRASILEIRO FEMININO-INTER-CORINTHIANS - Yasmin, do Corinthians, durante a partida contra o Internacional, válida pelo confronto de ida da final do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino 2022, realizada no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), na manhã deste domingo (18). (Foto: Maxi Franzoi/Agif/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com o maior público da história do futebol feminino no Brasil, Internacional e Corinthians empataram em 1 a 1 neste domingo (18), na primeira partida da final do Nacional, no Beira-Rio. O jogo de volta será no próximo sábado (24), às 14 horas, na Neo Química Arena, em São Paulo.

A diretoria da equipe gaúcha havia anunciado antes do confronto que todos os ingressos colocados à venda tinham sido vendidos. O número final divulgado foi de 36.330 pessoas. Aos 10 minutos, o Inter avisou, por meio de suas redes sociais, que 31 mil torcedores já estavam dentro do estádio, o que representava o recorde batido.

A melhor marca anterior havia sido do Corinthians que, na decisão do Paulista do ano passado, diante do São Paulo, levou 30.077 pessoas à sua arena.

Existe a possibilidade de o recorde ser quebrado novamente no próximo sábado. A capacidade da Neo Química Arena é de 49 mil pessoas. A torcida corintiana lançou campanha no Twitter com a hashtag #InvasãoPorElas para que o estádio esteja lotado.

Após o empate deste domingo, quem vencer o jogo de volta ficará com o título.

O Corinthians tenta manter seu domínio no futebol nacional e chegar à quarta conquista de Brasileiro. O time foi campeão em 2018, 2020 e 2021. O Internacional está pela primeira vez na decisão e saiu na frente aos 31 minutos, após jogada de Duda, que cruzou para Milene finalizar para o gol.

As visitantes chegaram ao empate aos 12 da etapa final, quando Jheniffer recebeu lançamento longo e invadiu a área para igualar o placar.

A partir daí, a equipe paulista cresceu em campo e poderia ter vencido. A cinco minutos do fim, Belinha, do Inter, foi expulsa.

A técnica da seleção brasileira, Pia Sundhage estava no Beira-Rio para assistir a partida.