Com pouco espaço, Waguininho tenta rescisão com o Cruzeiro

Waguininho atuou em seis jogos na Série B - (Gustavo Aleixo/Cruzeiro)


Com pouco espaço no Cruzeiro, o atacante Waguininho busca uma rescisão com o clube. O jogador atuou em apenas um jogo nos últimos dois meses, e não está nos planos do técnico Paulo Pezzolano.

O atacante tem contrato até o final de 2023 com o time celeste. Com pouco espaço, Waguininho e sua staff tentam a rescisão de seu contrato com o Cruzeiro, mas não conseguiram chegar a um acordo com o clube mineiro até então.

As partes começaram a conversar sobre uma possível rescisão antes da abertura da janela de transferências, mas não chegaram a um acordo. O Cruzeiro também tentou emprestar o atacante para algum outro clube, sem sucesso.

A janela de transferências no Brasil estará aberta até o dia 15 de agosto. Após isso, Waguininho não poderá ir para nenhum outro clube do país, mesmo que rescinda com o Cruzeiro. Em entrevista para o portal ge, o empresário do jogador, Miguel Calluf, confirmou o interesse da rescisão por parte do jogador e comentou sobre a situação.

- Já foi feita uma proposta de rescisão ao clube. Agora só depende deles. Infelizmente estamos correndo contra o tempo. O que poderia ser bom antes pode ficar inviável em um outro momento. - disse o empresário.

Waguininho chegou ao Cruzeiro no início deste ano. O jogador realizou 19 partidas pelo clube, com um gol marcado e duas assistências.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos