Com Maracanã lotado, Vasco e Sport não saem do empate sem gols pela Série B do Brasileiro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Em jogo de poucas oportunidades claras, o Vasco chegou ao segundo jogo sem vencer na temporada e não saiu do 0 a 0 com o Sport em um Maracanã lotado com mais de 60 mil pessoas na tarde deste domingo (3). O confronto foi válido pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Sem Nene, lesionado, o Cruz-Maltino pecou muito na tomada de decisão. No fim, vaias ao técnico Maurício Souza.

Com o resultado, os cariocas seguem em segundo lugar com 31 pontos, seis a menos do que o líder Cruzeiro. Já o time de Recife vai a 22 e cai para sexto. Na próxima rodada, os dois times entram em campo no sábado. O Vasco visita o Criciúma às 16h30, enquanto o Sport recebe o Londrina na Ilha do Retiro às 16h.

​Tentativa

Embalado pela torcida, o Vasco começou a partida indo para cima e pressionando o Sport. Gabriel Pec e Andrey Santos eram a principal válvula de escape e criaram uma boa chance cada um, mas faltava acertar no último passe para levar perigo real ao gol de Mailson. Do outro lado, os visitantes lutavam para encontrar os espaços no contra-ataque e só conseguiram ter uma oportunidade com o erro defensivo, mas pararam em Thiago Rodrigues.

Nada feito

O Sport ainda perdeu Kayke, lesionado, aos 29 minutos, e o Vasco rondava a área adversária tentando se aproximar. A chance mais perigosa foi aos 39 minutos. Palacios cobrou escanteio, Danilo Boza cabeceou e a bola bateu na trave esquerda. Com apenas um chute no alvo em todo primeiro tempo para o lado visitante, as equipes saíram de campo ainda com o 0 a 0. O duelo foi equilibrado e as chances de gol muito escassas.

Pode mais

O primeiro chute no alvo do Vasco foi no início do segundo tempo, quando Palacios cobrou escanteio e Léo Matos cabeceou, obrigando Mailson a se esticar todo para defender. Ao mesmo tempo que ficava com a bola no pé mais tempo, o time carioca errava muitos passes, possibilitando os visitantes de tentarem alguma chegada. Mas a tarde não reservava grandes chances.

Seguiu no zero

Os momentos finais da partida seguiram no mesmo equilíbrio de todo confronto, mas os dois times tiveram dificuldades para acertar os chutes. O Vasco ainda perdeu Gabriel Pec e Edimar, suspensos para a próxima rodada depois de levarem o terceiro amarelo. Ao final da partida, vaias e xingamentos ao técnico Maurício Souza.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos