Goiás vence Athletico-PR na Serrinha e respira no Brasileirão


Neste sábado (9), o Goiás contou com sua “nova” dupla de ataque para vencer o Athletico-PR por 2 a 1, na Serrinha, pela 16ª rodada do Brasileirão. Pedro Raul abriu o placar para o Esmeraldino e Nicolas fez o segundo ainda no primeiro tempo. Na etapa final, o Furacão foi todo pressão, mas só conseguiu diminuir com Terans, de pênalti.

+ Veja a tabela do Brasileirão e os próximos jogos dos times

Com o resultado, os goiano chegam aos 20 pontos, saindo do Z4 e pulando para o 11º lugar (pode perder posições no decorrer da rodada). Por outro lado, o CAP estaciona com 27, em terceiro. As equipes agora se concentram na Copa do Brasil, com o Goiás tendo clássico contra o Atlético-GO e o Furacão duelando com o Bahia.

Goiás x Athlético PR
Goiás x Athlético PR

Goiás venceu e respirou no Brasileiro (Foto: Divulgação / Twitter Goiás)

BOLA NA REDE!

Logo aos cinco minutos, Diego avançou pela direita e cruzou na área. Nicolas deu um leve desvio e Pedro Raul mandou para o fundo das redes. O Furacão quase empatou em seguida, com Cuello. Após cruzamento de Canobbio, o atacante furou na segunda trave.

Mesmo com a desvantagem, o CAP começou a ter boas ações na partida, mas o duelo perdeu intensidade e boas oportunidades de bolas na rede. Posteriormente, Nicolas teve bom lance, mas recebeu e bateu por cima.

Aos 39’, em escanteio cobrado, Nicolas subiu na pequena área e mandou de cabeça. Bento fez a defesa praticamente em cima da linha, mas a bola entrou em seguida, fazendo o segundo do Goiás.

CAP NA PRESSÃO!

Na volta do intervalo, Matheus Sales soltou uma de fora da área e levou perigo. Aos 14’, Marcelo Cirino dominou na área, rolou para trás, e Abner chegou batendo. A bola bateu no braço de Yan Souto, e o árbitro marcou pênalti. Terans bateu e diminuiu para o CAP.

Hugo Moura tentou de longe e obrigou Tadeu a impedir o empate. Logo depois, foi Terans que arriscou e levou perigo.

Mais tarde, Hugo Moura mandou uma bomba, Tadeu defendeu no meio do gol e deu rebote. Rômulo tentou chegar, mas o goleiro se recuperou e ficou com a bola. Babi ainda perdeu grande oportunidade mandando para fora. Terans recebeu na pequena área e chutou, mas Tadeu fez linda defesa. Assim, o Goiás ficou com a vitória.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
Goiás 2 x 1 Athletico Paranaense
Local:
Hailé Pinheiro (Serrinha), Goiânia-GO
Data/horário: 09/07/2022 - 20h30 (de Brasília)
​Árbitro: Raphael Claus (SP / Fifa)
Assistente 1: Danilo Ricardo Simon Manis (SP / Fifa)
Assistente 2: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ / Fifa)
Árbitro de Vídeo (VAR): José Cláudio Rocha Filho (SP / Fifa)
Cartões amarelos: Fellipe Bastos (Goiás), Matheus Felipe (Athletico)
Cartões vermelhos: -
GOLS: Pedro Raul (5’/1T) (1-0), Nicolas (39’/1T) (2-0), Terans (16’/2T) (2-1)

Goiás - técnico: Jair Ventura
Tadeu; Yan Souto, Reynaldo e Caetano; Diego (Maguinho 35’/2T), Caio Vinícius, Matheus Sales, Fellipe Bastos (Dada Belmonte 27’/2T) e Danilo Barcelos; Nicolas e Pedro Raul (Vinicius 18’/2T).

Athletico Paranaense - Técnico: Felipão
Bento; Orejuela, Pedro Henrique, Matheus Felipe e Abner; Erick (Matheus Babi 32’/2T), Matheus Fernandes e Vitor Bueno; Cuello, Canobbio (Terans 13’/2T) e Vitor Roque (Marcelo Cirino 13’/2T).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos