Com gol de Caio, São Paulo vence Ayacucho em noite 'Made in Cotia' na Copa Sul-Americana

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Jovem Caio marcou o único gol do São Paulo no Morumbi (Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC)
Jovem Caio marcou o único gol do São Paulo no Morumbi (Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC)

Com uma equipe basicamente formada por jogadores revelados na base, o São Paulo venceu o Ayacucho-PER, por 1 a 0, com gol de Caio, na noite desta quarta-feira (25), pela última rodada do Grupo D da Copa Sul-Americana, em duelo no Morumbi.

Agora, o Tricolor, que já estava classificado às oitavas de final, tem 16 pontos e é o líder geral da competição. O Ceará é o vice-líder, com 15, mas joga nesta quinta-feira contra o Independiente-ARG, fora de casa. Se vencer, assume a liderança.

Leia também:

SÃO PAULO COMEÇA MELHOR A PARTIDA E QUASE MARCA
A partida começou com o São Paulo tendo a posse de bola e buscando furar a defesa do Ayacucho. Com um time repleto de jovens formados na base, o Tricolor tinha dificuldades na armação.

A primeira jogada de perigo aconteceu aos 13 minutos. Talles Costa fez passe para Juan, o goleiro Vidal saiu mal e a bola sobrou para Toró. O atacante dominou e chutou sem goleiro. A bola desviou no zagueiro e foi devagar para fora.

JOGO ESFRIA, COM SÃO PAULO TENDO DIFICULDADE NA ARMAÇÃO
Após essa primeira chance, o ritmo do São Paulo caiu, demonstrando falta de entrosamento e velocidade para quebrar as linhas da equipe peruana. O Tricolor chegou aos 26, com Caio, que deu um belo drible no defensor e caiu na área, mas o juiz não marcou pênalti.

O Ayacucho tentou assustar aos 31 minutos. Depois de sobra do escanteio do São Paulo, Romaní armou contra-ataque, passou por Luan e tentou tocar para Techera, mas o atacante já tinha ultrapassado a linha da bola.

SÃO PAULO VAI PARA O INTERVALO SOB VAIAS
Com a dificuldade de armar, o São Paulo tentou arriscar de fora da área. Aos 36, Luan encontrou Toró no meio. O atacante do São Paulo driblou o marcador e tocou para Talles Costa, que chutou por cima do gol de Vidal.

Foi a última oportunidade do primeiro tempo, que terminou com o São Paulo indo para o vestiário sob vaias do torcedor.

2º TEMPO COMEÇA COM SÃO PAULO PROCURANDO O ATAQUE
O segundo tempo iniciou com o São Paulo novamente buscando o ataque. Aos seis, Maioli lançou boa bola para Toró na direita, que cruzou, mas o goleiro Vidal se antecipou a Juan, que fechava na área e ficou com a bola.

Com 15 minutos, veio a melhor chance do Tricolor na partida. Talles Costa fez boa jogada pelo meio e tocou para Rigoni na ponta direita. O argentino cruzou a meia altura para Juan, que não conseguiu alcançar. A bola saiu pela linha lateral.

AYACUCHO ASSUSTA O SÃO PAULO, QUE ABRE O PLACAR COM CAIO
Conforme a segunda etapa ia acontecendo, o São Paulo parecia mais nervoso, o que permitiu o Ayacucho chegar ao ataque. Com 21 minutos, depois do cruzamento para dentro da área do São Paulo, a zaga do Tricolor se atrapalhou para tirar e a bola voltou para Magallanes. O camisa 22 arriscou chute de fora da área que passou perto do gol.

Não demorou muito para a resposta do São Paulo e foi com estilo. Quatro minutos depois, aos 25, Maioli fez o levantamento para dentro da área, Toledo se atrapalhou para afastar o perigo e a bola sobrou para Caio, que só ajeitou e bateu no canto do goleiro para marcar.

TRICOLOR ADMINISTRA VANTAGEM
O gol marcado deu mais tranquilidade ao São Paulo, que só administrou o placar, sem correr grandes sustos.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 0 AYACUCHO-PER
Local:
Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/Horário: 25/05/2022, às 19h15
Árbitro: Carlos Benítez (PAR)
Assistentes: Eduardo Britos (PAR) e Julio Aranda (PAR)
Gols: Caio (25'/2ºT) (1-0)
Cartões Amarelos: Jair Toledo, Hugo Magallanes, Enmanuel Palcar (AYA)
Cartões Vermelhos: -
​Público/Renda: 16.696 torcedores / R$ 478.699,00

SÃO PAULO: Thiago Couto; Luizão, Miranda e Beraldo; Luan (Maioli/Intervalo), Pablo Maia, Léo Silva (Rigoni/Intervalo) e Talles Costa (Palmberg, aos 35'/2ºT); Caio, Juan (Alisson, aos 28'/2ºT) e Toró (Igor Vinícius, aos 09'/2ºT). Técnico: Rogério Ceni.

AYACUCHO-PER: Andy Vidal; Aldair Salazar, Minzun Quina, Hugo Magallanes e Jair Toledo; José Guidino, Enmanuel Palcar (Colunga, aos 35'/2ºT), Ayran Romani (Sebastián González, aos 32'/2ºT) e Eric Barrios (Rebagliati, aos 34'/2ºT); Cristian Techera (Olascuaga/Intervalo) e Pablo Royon (Morales, aos 34'/2ºT). Técnico: Alejandro Apud.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos