São Paulo terá mais uma semana focada em treinos de olho na final da Sul-Americana

Rogério Ceni destacou pontos do São Paulo que devem ser corrigidos (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)


Sem dúvidas, a goleada do São Paulo deste domingo por 4 a 0 em cima do Avaí em casa foi um dos melhores cenários que poderia anteceder a tão esperada final da Copa Sul-Americana que acontece no próximo sábado, contra o Independiente Del Valle, em Córdoba, na Argentina.

Galeria
> ATUAÇÕES: São Paulo brilha, Reinaldo dá duas assistências e leva a melhor nota contra o Avaí

Tabela
> Veja tabela do Campeonato Brasileiro e simule os próximos jogos

Com a mudança do encontro com a equipe de Lisca, que aconteceria na terça-feira (27) para domingo (25), o Tricolor paulista terá mais uma semana livre de jogos para focar totalmente na decisão - vista como a grande prioridade da temporada.

Estas 'semanas livres' não aconteciam há muito tempo. Conforme levantado pelo LANCE! anteriormente, desde o período entre o fim de maio e início de junho isso não ocorria.

Na ocasião, o time empatou com o Ceará em 2 a 2 no Morumbi no dia 28 de maio, em um sábado, e só voltou a campo dez dias depois, no sábado seguinte, dia 4 de junho, contra o Avaí, na Ressacada.

E na goleada deste domingo (25), o preparo intensivo surtiu efeitos visíveis. Os últimos treinamentos contaram com um foco ofensivo. Desde finalizações até cruzamentos, cobranças de pênaltis e criações de jogadas... Estas atividades estiveram na lista das que foram ministradas por Rogério Ceni nos últimos dias.

E o resultado foi explícito: uma vitória por quatro gols de vantagem. O São Paulo já havia vencido a última partida que disputou, contra o Ceará, pelo Campeonato Brasileiro. De acordo com dados do 'Anotações Tricolores', o Tricolor não vencia dois jogos seguidos pela competição há 399 dias.

Outro problema que acompanhava a equipe era quanto a cobranças de escanteios, que dificilmente surtiam em alguma oportunidade. O último gol que havia partido de uma cobrança havia sido no dia 23 de julho - feito por Patrick, contra o Goiás.

Contra o Avaí no estádio do Morumbi, o gol de Diego Costa surgiu exatamente após um escanteio - marcado por Reinaldo.

Durante a coletiva de imprensa pós-jogo, Rogério Ceni enfatizou que reconhece a competitividade do São Paulo e colocou a possível conquista do próximo sábado (1) como sua maior meta como treinador do clube.

Em sua fala, alegou existirem alguns pontos que ainda pretende corrigir - e estes devem ser feitos nos próximos trabalhos durante a semana.

- O forte do del Valle é o conjunto, a saída com três zagueiros. É um time que se você encaixar errado a marcação ou deixar muita sobra atrás, você vai sofrer muito com a posse de bola. Temos que melhorar coisas como diminuir o número de chutões como fizemos hoje. Ganhando de 3 a 0 do Avaí, temos que encontrar maneiras de sair jogando. São coisas que precisamos treinar. Não podemos entregar a bola para os adversários. Vamos encontrar um time de construção, que não tem medo e arrisca muito. Temos que estar com a marcação bem ajustada - disse.

O São Paulo deve chegar em Córdoba, na Argentina, na próxima quarta-feira (28). O jogo contra o Del Valle no sábado (1) acontece às 17h (de Brasília), no estádio Mario Kempes