Com desfalques no ataque, Palmeiras vai precisar contar com mais um plano de Abel Ferreira

Após vitória do Alviverde, o técnico comentou sobre arbitragem, imprensa e o desgaste do elenco (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


O Palmeiras está em semana decisiva na Copa do Brasil e entrou nela com a preocupação de ter pelo menos três desfalques para o ataque, o que forçaria uma alteração no esquema. Se isso de fato se concretizar, o Verdão precisará contar mais uma vez com um dos planos de Abel Ferreira, já que a mudança tende a ser grande para decisão diante do São Paulo, nesta quinta, na Copa do Brasil.

GALERIA
> Confira os públicos do Palmeiras no Allianz Parque em 2022

TABELA
> Veja tabela da Copa do Brasil-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

No último domingo, Rony passou a ser mais uma dúvida para o setor ofensivo. O camisa 10 saiu de campo sentindo a coxa esquerda, mas o clube ainda não atualizou a situação do jogador. Caso uma lesão se confirme, ele estará fora do clássico e não poderá ajudar o Alviverde a reverter o placar de 1 a 0 diante do Tricolor, no Allianz Parque.

O atacante se somaria a dois outros desfalques: Rafael Navarro, que lesionou a coxa direita diante do Cerro Porteño, e Gabriel Veron, que cortou o pé em um acidente doméstico. Ambos devem estar fora do duelo com o São Paulo e aumentam a dor de cabeça de Abel.

Dois desses três jogadores são usados como "9" pelo treinador palmeirense: Rony e Navarro. Além disso, Veron já fez a função durante alguns jogos. Sendo assim, Abel perderia três opções que poderiam manter o esquema que tem usado, ou seja, seria forçado a arranjar uma alternativa para todas essas baixas desta semana.

É muito improvável que o treinador utilize Gabriel Silva, campeão da Copinha deste ano, como a referência. Embora tenha sido a opção da posição no segundo tempo contra o Fortaleza, foi apenas a segunda partida do jovem em 2022. Breno Lopes e Wesley despontam como nomes possíveis para a vaga, mas talvez não como "falsos 9".

Raphael Veiga, por exemplo, já chegou a ser utilizado como referência em uma das tentativas de Abel Ferreira. Sua capacidade de finalização foi uma das explicações para a escolha. Se voltar a tentar essa alternativa, Wesley ou Breno devem jogar pela esquerda, Scarpa no centro e Dudu pela direita. Um ataque que tende a ter trocas de posição, mas com menos profundidade e menos "briga" com a zaga.

Abel Ferreira já conquistou muita coisa apresentando planos de sucesso em momentos de decisão ou de perda de peças. Esse jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil deverá ser mais uma ocasião em que o técnico palmeirense terá de apresentar suas capacidades para atingir um objetivo e o torcedor confia nisso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos