Com bons resultados em campo, Corinthians fará revisão da meta orçamentária de 2022

Presidente do Corinthians, Duílio Monteiro Alves confirmou revisão (Foto: José Manoel Hialgo/Ag.Corinthians)


Quando o assunto é arrecadação, o Corinthians está muito bem, obrigado. Tanto que, seguindo uma obrigação estatutária, o clube passará por uma revisão orçamentária, já que o seu desempenho em campo foi superior à projeção feita para a temporada, no fim do ano passado.

+ 112 anos do Timão: relembre 12 momentos marcantes na história do Corinthians

A expectativa é que essa revisão seja levada ao Conselho Deliberativo ainda neste mês.

Naturalmente, as projeções financeiras de uma temporada, que são feitas no fim do ano anterior, costumam ser conservadoras em relação ao desempenho da equipe em campo, para que o clube não seja frustrado com possibilidades financeiras que não se traduzem na prática.

No caso do Timão, as estimativas traçadas previam uma campanha até às oitavas de final da Libertadores e Copa do Brasil. Na competição internacional, o clube foi até às quartas de final. Já na nacional, está vivo, disputando a semifinal contra o Fluminense.

+ Veja a tablela do Brasileirão e simule as partidas do Corinthians

Além disso, a meta orçamentária do Corinthians para esta temporada prevê que a equipe termine na sétima colocação do Campeonato Brasileiro. No entanto, o Time do Povo está na quarta colocação e ocupa o G-4 da competição desde a primeira rodada.

O bom desempenho dentro das quatro linhas tem tudo para fortalecer a meta da direção corintiana que é fechar o ano com um superávit de R$ 10 milhões. Além disso, a expectativa é que seja a temporada de recorde na arrecadação, superando o ano passado, que teve R$ 613 milhões de entrada nos cofres do Timão.

- No ano passado tivemos o recorde de receita de R$ 613 milhões, neste ano queremos chegar a R$ 750 milhões de arrecadação, seria um crescimento de 50% sobre o recorde de 2021. Estamos muito contentes com esta área financeira, e também fizemos mais investimentos no clube, na Arena, no CT. Desde o início temos a previsão de fechar este ano com R$ 10 milhões de superávit. Vamos conseguir cumprir a meta, e vamos ver se conseguimos passar daqui para frente - disse o presidente Duílio Monteiro Alves durante as comemorações do aniversário de 112 anos do Corinthians, na última quinta-feira (1º).

Confira as projeções e realidades em relação às premiações por desempenho do Corinthians até aqui, em 2022:

CAMPEONATO PAULISTA

O Corinthians atingiu exatamente a meta de projeção à semifinal e arrecadou R$ 750 mil.

CAMPEONATO BRASILEIRO

O que foi projetado na previsão orçamentária corintiana, produzida no fim do ano passado, era que o clube alvinegro ficasse na sétima colocação do Brasileirão, arrecando R$ 23,1 milhões.

Porém, desde a primeia rodada da competição o Timão está entre os quatro primeiros. No momento, quarto colocado, a equipe alvinegra arrecadaria R$ 28 milhões, caso o campeonato terminasse hoje.

COPA DO BRASIL

Competição na qual o Corinthians foi muito mais além do que se projetou. A ideia era que o Timão fosse até às oitavas de final, embolsando R$ 4,9 milhões, mas o clube está na semifinal e já garantiu R$ 16,8 milhões.

Caso passe pelo Fluminense e chegue à decisão, o Time do Povo terá garantido, pelo menos, R$ 41,8 milhões, já que o vice-campeão ganhará R$ 25 milhões.

O título, que é grande 'cereja do bolo' aguarda pelos corintianos na temporada, alçará a arrecadação corintiana na Copa do Brasil para R$ 76,8 milhões, valor superior a pouco mais de 15 vezes o estimado no fim do ano passado.

LIBERTADORES

O estimado era que o Corinthians chegasse até às oitavas de final e arrecadasse 4,05 milhões de dólares (R$ 20,9 mi, na cotação atual). Com chegou às quartas de final, o Timão embolsou 5,55 milhões de dólares (R$ 28,7 mi, na cotação atual).